Asfalto molhado = cuidado dobrado

O final de semana chega , feriado em SP , mas trabalhava na sexta, só não deu para fazer o longo de natação. Mas deu para fazer algo que não fazia faz tempo , jantar e cinema com amigos queridos , fomos assistir as aventuras de Pi e recomendo!!!

Sábado marquei de encontrar dois amigos (Thiago e Renato) as 9 , assim daria para começãr as 7:30 e dormir mais um pouco e ainda ter compania para treinar. Perfeito certo ? Mais ou menos……

Acordo sábado antes do despertador , me sentindo ótimo , pronto para encarar os 120 km fora da estrada , em uma mistura de ciclovia e USP e com ceretza um excelente treino psicológico também.

Chego na USP , olho o céu e realizo , vai chover !!!! Mas vamo que vamo , que não está chovendo ainda e o pedal é longo.

Bastou andar 10 km na ciclovia que cai o mundo e assim foi por bastante tempo , mas em momentos a chuva parava e em outros apertava. Logo veio na minha cabeça , CUIDADO , piso molhado = PERIGO.

Ao mesmo tempo ficava pensando (lá perto de Interlagos) ” porra ta longe , o que faço ?” “encosto aqui e espero para sempre ” , “entro no trem e vou até a estação da USP” , ” volto devagar , muito esperto até a USP e fim ao treino ” Qual vcs acham que escolhi ?

46 km´s pedalados , já sem chuva , dentro da USP com chão molhado e rumo ao carro , conciente que ninguém veio treinar , o meu treino estava encerrado e bola para frente, quem sabe um treino de musculação na academia.

E na última curva , a 30 metros do carro , MUITO de davagar que o asfalto chegou literamente perto rapidamente . Capote !!! A frente saiu e eu tomei o maior rola.

Fora o susto, os arranhões e as dores no corpo durante o final de semana inteiro , tudo bem !!! Pronto para outra 🙂

Anúncios

De metro em metro se conquista o cume

Of Course it´s Hard

Of Course it´s Hard

Os treinos longos vem se mostrando menos “assustares” do que imaginava , sei que ainda estão no começo e que tem muita coisa pela frente , mas por enquanto tudo bem (pelo menos eu acho rsrsrs).

Tive a sorte de excelente companhia nos pedais mais longos , principalmente nos de estrada , ir sozinho , pelo menos para mim será complicado. Enquanto você pedala na USP ou na Ciclovia , é legal ter alguém junto , mas é totalmente viável fazer um voo solo , mas na estrada é mais complicado.

Confesso que o pedal na estrada (Bandeirantes)  é difícil , as pernas estão doloridas pelo esforço mas ao mesmo tempo fica cada vez mais claro que “vencer” cada etapa lá é com certeza absoluta estar MUITO bem preparado. Já ouvi de várias pessoas que pedalar nessa estrada , com as várias subidas e por consequência as várias decidas  não se aplica a mesma força , que acaba pedalando menos quilometragem etc , se não girar a perna na descida , e pedalar !!!! Se ficar descansando claro que pedala menos.

Mais vai lá então fazer aquelas subidas intermináveis, vai !!! São muito duras , ainda mais para mim que nunca fui um bom escalador , mas descer rápido é D+ , botar a marcha mais “dura” e fazer força , sentir o vento no rosto é uma adrenalina indescritível , o cansaço passa, a vida passa , tudo passa rápido.

Meus treinos de quinta-feira , cada vez mais terão subidas e mais subidas , e em conjunto com a musculação para fortalecimento e ganho de força , estarei melhor preparado para enfrenta-las, já que com o aumento de volume em quilômetros , vem mais subidas pela frente. Essa semana acho que será uma semana bastante dolorida , pois hj muda a série de musculação , aumentam as subidas de quinta e a quilometragem do próximo longo também aumentará……

A corrida, que é um ponto fraco, está melhorando , a cada treino longo (as segundas) fica menos difícil e estou acertando a pulsação X ritmo cada vez mais. Já a corrida após o pedal na estrada já está duro com o mínimo , imagina quando for aumentando , meu deus.

Difícil , claro !!!!

Mas vamo que vamo , pelo menos está super divertido , tenho curtido cada vez mais e a cada treino que passa sinto que conquisto mais um metro rumo ao topo.

;0)

 

 

2013 começou faz tempo

Imagem

Normalmente quando chegamos próximos a virada do ano sempre nos incomodam aqueles desejos não realizados e ao mesmo as promessas para o próximo ano. 

Com isso nós naturalmente desaceleramos , relaxamos , vem as férias e tudo aquilo que deixamos de fazer vai sendo enterrado junto com o ano que acabou de passar. 

Para mim foi um pouco diferente, nada de relaxar e desencanar dos os objetivos, mesmo porque já estão bem definidos. E definitivamente 2013 começou faz tempo, pelo menos lá em casa. 

Começa agora em janeiro o ciclo final dos treinamentos para o Iron e o que parecia ser duro muitas vezes não era nada !!! 

Troquei a bike , tênis novos a caminho , rodas e capacete aero comprados e detalhe , em breve vários vídeos , isso mesmo , com a Go Pro (câmera show de bola) vai ficar bem mais fácil filmar e editar os vídeos desse percurso. 

Para você que colocou uma meta nessa virada , já é era de começar a correr a atrás , faça seu planejamento o quanto antes e simplesmente comece !!!! 

Vamo que vamo que o show não pode parar