Senta , pega um Whisky que la vem história …… 2013 chega ao fim.

Mais um ano se passou e que ano hein, ano em que esse blog cresceu com cada vez mais gente acompanhando, onde divido quase tudo da minha vida, meus pensamentos e o mais legal de tudo, é saber que alguém do outro é impactado com isso, mas de uma maneira boa!!! Tive a oportunidade esse ano de conhecer algumas pessoas que estão do outro lado do texto, algumas só por troca de e-mails, outras pessoalmente, outras em cima da bike, mas independente do jeito a interação foi e é sensacional. Com certeza se intensificará em 2014.

O ápice disso foi o presente que recebi ontem, de uma pessoa anônima que estava por trás da tela e que hoje, ainda bem que está desse lado de cá, sério, me vi numa situação de alegria, misturado com prazer, com admiração, com carinho, cumplicidade que há muito tempo não sentia.  Na verdade acho que a melhor palavra para descrever é INCRÍVEL!!!!

E a vocês que me aguentam, torcem e que também tem seus sonhos o meu muito obrigado por fazerem parte da minha vida e o desejo de boas festas, ano que vem tem bastante coisa para dividirmos e sempre será uma via de duas mãos. Meu muito obrigado por tudo.

O ano de 2013 foi no mínimo diferente, para ser bonzinho e não ficar de muito mimimi, ano de dedicação, frustrações, lesão, separação, novas amizades, recomeço e vitória. Às vezes fico me perguntando como tudo isso pode acontecer em apenas 12 meses, em tão pouco tempo ocorreram tantas coisas.  O projeto de vida Ironman e tudo que envolveu isso foram umas das experiências mais intensas que já vivi, não é só ir lá e treinar, muita coisa muda na sua vida, na verdade muda na inscrição, nos meses que antecedem (o ciclo) só se intensificam. Isso vai muito de cada um, eu acredito, cada um encara de uma forma o desafio, a prova,eu encaro como um estilo de vida. O acidente um mês antes e da maneira que ocorreu, foi uma grande provação e que venci.

Depois disso tudo ficou meio sem sentido, na época, ainda casado, resolvi viver o sonho da minha ex-mulher, apoia-la, Hawaii, triatlo, com um casal de amigos (nota mil), ao mesmo tempo iniciava-se o processo de recuperação do ombro, afinal aquilo era apenas mais uma dificuldade e que não iria me deter. Defini a volta, 70.3 de Miami, mais para final do ano, assim daria tempo para me preparar. Mas claro que não seria tão simples assim né?

Nesse processo todo, vem a separação, mudanças no cargo/trabalho, sessões intermináveis de fisioterapia, volta as piscinas e aos treinos, por fim duas semanas antes da prova , mais um desafio, a lesão no quadril e glúteo. PQP, minha cabeça foi para o espaço!!!! Como era possível aquilo estar acontecendo, será que mais uma vez eu viveria aquela frustração?  Tomei a decisão de seguir em frente, com ou sem dor, independente da consequência. Fui lá, vi e venci!!! E que sensação de vitória inacreditável, confesso que de dor também, não foi fácil, mas no fim deu certo.

Hoje continuo no processo de recuperação da lesão, mas um pouco mais além, reaprendendo a correr, com um trabalho de reensinar o corpo a forma correta, pois se não sempre voltarei a me machucar.

Mas mencionei as palavras, recomeço, vitória, isso tem muito a ver com esses últimos 3 meses, uma característica minha é sempre procurar olhar o lado bom das coisas e porque não da vida? Tudo o que aconteceu só me fortaleceu, me vez ver e realizar que problemas são feitos para nos fortalecer, claro que o processo é uma merda, mas é tão bom quando você percebe que passou!!!  Isso sim é uma vitória, com direito a uma bela medalha no peito. Alias o que é a medalha em uma prova dessas que faço?? Se não um símbolo de conquista, de mérito por todo o esforço e comprometimento que tive e que venci ao passar o pórtico. Ao receber o DVD ontem (presente mencionado início) entendo, sinto, realizo que só segue em frente quem para de olhar para trás, e é bem isso mesmo!!! Mas aprendi muito com esse ano e tudo que vivi nele, me mostrou o como posso ser forte e seguir em frente atrás dos meus sonhos.

Quando falo de recomeço é porque esses últimos 3 meses vem sendo a fundação da reconstrução/recomeço, dos próximos tijolos que colocarei e assim seguindo em frente.

Repeti esses dias algumas vezes isso, que agente não escolhe quem passa na nossa vida, mas agente pode escolher quem queremos que fique, né? Eu gostaria muito que vcs fiquem e que me acompanhem nessa jornada de vida. No meu dia a dia, também, existem as pessoas que quero muito que fiquem, mas essas também precisam querer,  😉

2014 é ano de AÇÃO, ano de correr o Ironman Florianópolis (25 de maio as 7:00 am), ano de muito treino, dedicação e principalmente foco e com isso ser FELIZ ,  pretendo dividir aqui com vocês esse novo caminho e os tijolos que colocarei aos pouco na base até maio.

Por fim, trago um dos vídeos que uso para me motivar e que retratar exatamente o que serão esses próximos 5 meses, é rapidinho , vale assistir.

 

 

 

Vamo que vamo

Um excelente 2014 a todos vocês

Anúncios

3….2…..1…..e começou

A estrada é longo , mas tem fim.

A estrada é longa, mas tem fim. Keep Moving

Dezembro chegou e o ano de 2013 vai terminando, a boa e velha expressão começa a ser ecoada por todos os cantos  “nossa como esse ano passou voando”  .

Os Shoppings começam a ficar insuportáveis , o transito só piora (ainda mais com as chuvas de verão), academia lotada de gente tentando correr atrás do prejuízo, mas sempre com aquele sentimento de nostalgia no ar , as cabeças a mil nas férias de verão e o encerramento do ano. Não sei você, mas olho ao redor e vejo muito isso !!!!

Bom, isso é para a maioria , para mim e para alguns outros malucos que estarão alinhados na praia de Jurerê Internacional , Florianópolis, em 25/5/14 as 7:00 am nada está acabando , muito pelo contrário está apenas começando.

Essa semana inicio  um dos meus ciclos de treinamento , a natação !!! Com a lesão na região do ísquio e glúteo médio a corrida deve demorar mais um pouco, também por consequência da lesão devo diminuir o pedal,será por duas semanas , mas tudo que ajudar a melhorar está sendo feito. Com isso vai dar para dar um gás na natação.

Mas o fato é que depois de 27 de outubro nadei poucas vezes,chega a hora de voltar as águas e iniciar o treinamento de base , para que quando virar o ano eu não saia do zero. Afinal serão 3.800 metros , sabe se lá se com correnteza , onda , aguá fria , mas uma coisa eu sei , pode ser da maneira que for , são só 1 hora e pouco, passa rápido.

Vamo que vamo que tem bastante azulejo para contar

motivacional