Quem foi rei do jacaré nunca perde a majestade #sqnao

Não ia escrever este post , o tema era outra na verdade , mas acabei escrevendo um e-mail contando como foi a minha última prova em Santos , pelo menos por um tempo.

Mas antes vale refrasear o amigo Dalton Cabral lá de Manaus , que uma vez disse “o meu equipamento é caro e de última geração… mas os meus sonhos e o meu amor pelo triathlon não tem preço!”

Segue na íntegra :

E ai Fe como foi a prova ? Ouvi uns comentários no Face , deu muita confusão ?

Confusão ? Imagine !!!

Cheguei mega cedo lá , acho que fui um dos primeiros por conta do horário de verão.

Coloquei minhas coisas  na área de transição , que havia só uma pessoa , nem levei o tênis , uma vez que não iria correr, assim não tinha o risco de animar , fazer e me ferrar. Afinal o fim da lesão está quase lá, mesmo porque depois ia tomar bronca do Gustavo Maglioca e do Ricardo Hrish , to fora !!!

Já fui  colocando minha rupa de borracha e fui para praia , assim já sentiria o drama do mar logo , aquecia e ficava resolvido isso. 
Ao chegar na praia vejo dois surfistas me olhando e falando assim : Onde vc vai ?
Eu falei:  dar uma nadadinha 
Eles: certeza ?
mar inter santos domingo
E lá fui eu, dando de ombros e pensando , esse Núbio NUNCA vai cancelar essa prova, melhor já ver qual é a do mar.  Apesar de parecer ruim de longe, já estava lá mesmo , o que mudaria entrar antes e sentir o tamanho do problema ou deixar para entrar na hora.
Bom , lá fui eu e tentei por 15 minutos e nada,  não passei a arrebentação !!! Onda e mais onda na cabeça.
Logo voltei para praia e pensei ,  vou encontrar a turma la na transição e vamos ver o que rola , assim ta foda !!!! Hoje vai ser aqueles dias duros!!!
Volto para transição como se nada tivesse acontecido. Ai encontra um , dois , bate um papo aqui , outro ali.
Fernando , Eu , Fabio Brandão , amigo do Fernando

Fernando , Eu , Fabio Brandão , amigo do Fernando , não sei o nome.

 Resolvi voltar , ai já com uns 6 junto. Na praia já havia bastante gente nesse momento , outras pessoas no mar. Mas as condições eram as mesmas.
 Entrei , já com a ideia fixa que nada poderia me deter, me esforcei pacas,  passei a arrebentação, UFA !!!!!  Coração na boca !!!! Nadei bastante para fora, quando pensei ” ok , ta bom , agora só voltar ” Olho ao redor e ninguém junto, nenhum dos caras que entrou comigo ou qualquer outra pessoa.
Nado um pouco e já a brilhante ideia , resolvo pegar um jacaré , afinal quem foi o rei do jacaré na infância nas praias de Pitangueiras- Guarujá , nunca perde a majestade. Jacaré mode on , puta onda , curtindo , me achando o Medina, quando me dei conta do meu óculos de natação e o fim da onda que se aproximava e que como um bom surfista de ondas  já antecipei o ligeiro caldo básico que sempre ocorre no final da onda.  Logo pensei , fóóóóóódeu , não posso perder os óculos agora !!!!! Arranquei de uma vez da cabeça e desencanei do jacaré Pipe Line que vinha surfando , foi ai que a coisa ficou feia amigo !!! Puta caldo master , blaster , ultra !!!!
 Nunca bebi tanta água na vida , fora que quando sai da máquina de lavar , meio tonto , tomei outra onda na cabeça e assim foi até conseguir chegar mais perto da praia. Mas graças a deus os óculos estavam salvos. rsrsrs
 Chegando na praia , já lotada , aquela confusão , nego tentando colocar a boia e não conseguindo , reclamação geral , um monte de marmanjo com medo , meninas pedindo arrego. Olha,  tava no mínimo engraçado. E como sempre a desenformação imperava.
 Alinhamos, ia rolando uma , duas , três largadas , quando começa uma puta correria na praia , eram os bombeiros trazendo um monte de gente para margem , meninas que não nadaram e corriam como se estivem nadado (foi isso que fez o Núbio segurar todas as meninas na saída do pedal)

 Depois disso , faltavam 3 categorias para largar , incluindo a minha ,  a chuva apertou para animar um pouco , quando depois de mais de uma hora em pé na chuva e sem nenhuma informação (para que serve o sistema de som ? Para que ???) , a incrível organização resolveu largar da praia mesmo.
Tipo assim : Ou vcs ai , alinhem aqui na praia mesmo , atrás dessa risca no chão e saiam correndo, todo mundo junto e lá na transição vcs se viram ok ? Só não vale vácuo, mesmo saindo 300 pessoas juntas , ta bom ? Boa sorte
E foi nessa hora , que eu pensei , PQP o que eu to fazendo aqui ? Já não vou correr, não vou nadar , para que eu vou me arriscar nessa muvuca, na chuva  ???? Quer saber , vou comer um bom sanduba , tomar um banho e rumo a SP que eu ganho mais.
E foi assim !!!!

 

Anúncios

3 respostas em “Quem foi rei do jacaré nunca perde a majestade #sqnao

  1. Sensacional, Fê. ahaha, adorei a parte do jacaré.
    Não sabia que vc ia fazer Santos, a previsão eram de ondas de 3 a 5m mesmo de Sul, que bate direto em Santos, não quis aterrorizar a galera e fiquei na minha (afinal nem triathlon estou treinando), mas como boa velejadora sabia que ia ser um mega perrengue, achei que a organização tbm perceberia. Eles deveriam ter previsto isso antes, desde quinta já estava sabendo pelas previsões de ondas e ventos. Mas parabéns por tentar e ter passado as ondas…keep it up! Que bom que não se arriscou no resto, fez bem! As always, proud of you! Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s