O significado de ser atleta e a relação com a vitória

10487592_1627069534185464_8871382760811736099_n

“Ser atleta não é para quem quer viver do esporte ou para quem quer viver para o esporte. Ser atleta é para quem tem o esporte no coração e sabe que faz parte da higiene do seu corpo tal qual escovar os dentes e que da mesma forma sabe apreciar o bem-estar que o esporte proporciona. Ser atleta também não é carregar pesos ou marcas homéricas, é decidir quebrar seus próprios limites, independente do tamanho que eles são, porque o esforço é particular a cada um, portanto a vitória também. Ser atleta não é carregar uma medalha no peito, é carregar as pessoas que estão ao seu lado no peito e a vitória na mente, porque quem ganhou sabe que é vencedor e não precisa de símbolos para lembrar. Vitória é sentimento, não é texto, marca, insígnia, símbolo ou metal. Vitória real é a satisfação de superar seus medos e suas limitações. Vitória é enfrentar você antes do outro, é tentar antes de desistir e nunca desistir antes de tentar. Vitória é uma atitude. Ser atleta é um estilo de vida…”

Esse texto eu li no IG do @guilhermeguidovpalma , triatleta carioca .

Treinos e mais treinos , mas com uma ENORME diferença , totalmente desencantado. O que é bem diferente de relaxado.

Sabe qual a diferença ?   Cabeça fresca !!

Domingo agora é dia de prova , Challenge Floripa , e ta ai gente , passa rápido né ?

E é pensando dessa forma, ” Vitória é uma atitude. Ser atleta é um estilo de vida…”  que vou enfrentar mais um desafio , prova  com distância de meio Ironman

Mas  queria dividir com vocês que curti cada treino , fiz o melhor que pude , adaptei vários treinos para se encaixar na minha nova rotina e no fim acho que deu certo.

Conto aqui , prometo em primeira mão semana que vem , se Deus permitir com a medalha no peito.

E vamo que vamo que domingão é dia fazer força e fazer o que amo

Thanks,  love you all
Anúncios

O prazer da conquista

Todo domingo é assim, vai passando o dia e as redes socais vão ficando repletas de posts com medalhas, fotos de pessoas suadas, às vezes acabadas, mas sempre com um mega sorriso no rosto.

Também vêm sempre acompanhadas de mil agradecimentos, dos parceiros, esposas, maridos, técnicos ou simplesmente daqueles que o apoiaram em sua conquista. Eu mesmo adoro colocar a foto na rede social da mais nova medalha e mostrar a todos que venci mais uma.

Mas toda a vez que vejo algo assim faço questão de curtir a foto e dar os parabéns. Sei muito bem o quanto é duro começar uma atividade física, afinal também comecei um dia.  Cada um tem sua motivação para começar, saúde, estética, conhecer novas pessoas, mas no fim aquela descarga de endorfina no corpo compensa todo o esforço.

Lembro-me da minha prova, da primeira conquista!!!! Já estava correndo fazia uns seis meses, na época corria com a turma da MPR (Marcos Paulo Reis), três vezes por semana e foi quando me inscrevi uma prova de 10 km da Nike que aconteceria na USP (Nike Plus). Nessa época, meados de 2007, não existiam tantas provas como hoje, eram bem poucas, a mais famosa era essa da Nike que acontecia duas vezes por ano.

No dia, nem consegui dormir, fui super cedo para USP, estacionei o carro e segui o fluxo de pessoas andando, meio sem saber para onde ir, mas seguindo o fluxo. Não conhecia ninguém, nem me preocupei em ir até a barraca da assessoria, para te falar a verdade nem sabia se havia uma. Dirigi-me para a largada, fiquei ali no meio das várias pessoas, me lembro de ter ficado impressionado com tanta gente e a confusão na hora da largada ( 12 mil pessoas), era tudo uma novidade.  Demorou em começar a correr, muita gente, mas aos poucos à caminhada passou a acelerar, entrou um trote e ai sim à corrida. Naquela época não existia GPS, a velocidade era medida por tempo versus a sinalização dos Km’s e funcionava super bem !!!

Lembro-me de querer manter o pace de 6 minutos por KM, esse era o desafio, mas durante o percurso tiveram duas passagens que nunca mais me esqueci. Uma delas foi depois de uns 20 minutos de prova, um silencio absoluto, tanta gente e nenhum piu, mas o que se ouvia eram aqueles vários solados de borracha batendo no chão , fecho os olhos agora e ainda consigo ouvi-los, foi mágico. Mais a frente o som dos vários tênis no chão é interrompido por uma banda tocando o maior rock roll, eu jamais imaginei que fosse encontrar aquela banda lá, todo mundo gritando e cantando, também outro momento inesquecível.

Por fim o último quilômetro, já cansado, totalmente desencanado do tempo, do pace e com um único objetivo, passar a linha de chegada. Foi quando aparece a placa de 9 KM e a sensação de dever cumprido , de vencer veio tomando conta do corpo, coração , um arrepio na nuca !!! Que máximo, depois daquele dia fiquei viciado, como uma droga. Sempre buscando a mesma sensação, mas como aquela nunca mais.

A mesma sensação da primeira vez nunca mais vou ter, mas o que tenho sempre é o prazer da conquista.

 

Contagem regressiva ……. e muitas lições !!!

 

É minha gente , faltam menos de 20 dias !!!!

Confesso que o mês de abril foi insano !!! Meu Deus , as semanas passavam e só piorava, o pior era ouvir dos amigos mais experientes “calma, o pior já passou ” ou ainda assim “calma , já já vem o polimento e é só alegria”.

Como assim o pior já passou ? Mas francamente , foram duros , muitas horas , grandes esforços , mas sim , passou rápido D+.

Essa semana pela primeira vez em todos esses meses senti o cansaço acumulado e para dar um tempero aparece uma dor de garganta maraaaavilhosa. Segunda feira último longo de corrida bem arrastado , terça um spinning sofrido , mas seguimos em frente.

Acho que agora não tem muito o que ser feito , foco no alongamento , alguns treinos específicos de corrida , já que esse dos três esportes é o que mais me deu trabalho por conta da lesão e da demora para começar os treinos específicos, mas fora isso agora é realmente é a fase de diminuir os volumes e intensidades.

Durante este longo processo de privações , dedicação , investimentos,conheci muita gente boa , com o mesmo sonho (ou bem parecido) , aprendi muita coisa sobre mim e meu corpo. E isso é algo que carregarei comigo para sempre.

Aprendi que a máquina aqui com quase 4.0 tem muita lenha lenha para queimar, que ela sempre pode dar um pouco mais, depende da minha cabeça e claro do preparo.

Comecei a trocar muito mais experiencias de vida com os outros e descubro cada vez mais pessoas que acreditam em mim e nos meus sonhos e vai do Iron a  muitos outros.

Redefini completamente , mas juro , totalmente o significado da palavra desistir. Acho que essa foi e está sendo um dos maiores aprendizados de vida. Não desistir de algo pq parece ser algo impossível ou monstruoso é algo que não existe mais na minha vida , seja o que for da para fazer.Acredita no seu sonho e segue firme em frente que vc chega lá, mas lembre-se que não vai ser fácil não !!!!

Outra coisa que tenho feito cada vez mais e que muitas vezes era esquecido é perceber e enaltecer cada conquista. Tenho encarado o fato com uma nova perspectiva, o conquistar algo, isso tem sido bastante importante. Comemorar as conquistas diárias tem sido importante, por menor que elas sejam , são conquistas e sim vale a pena comemorar.

Fiquei extremamente feliz e tenho certeza que será um enorme diferencial levar as pessoas especiais  comigo para compartilhar este sonho , será uma recarga de energia a cada volta ou a cada momento que os ver.

Você conhece as vozes da caverna do Dragão ? Não ? Duvido !!!! Pois bem elas existem , são as vozes que te minam e que te fazem a todo custo desistir ou desacreditar em vc. Já tenho trabalhado isso a um tempo , mas dia 25 isso será fundamental, focar no pensamento fixo do que me trouxe até aqui e o que passei para estar aqui , PRINCIPALMENTE quando a vontade acabar , a exaustão bater a porta e as vozes da caverna gritarem na minha cabeça.

Outra lição que tem sido bastante importante é fechar os olhos e me ver atravessando o pórtico de chegada , viver esse momento na minha cabeça, pensar em todo o processo só me faz querer realizar ainda mais.

E por fim , mas não menos importante é não cansar de agradecer a tudo e todos por ser uma pessoa abençoada e poder seguir em frente em minha jornada.

Vamo que vamo que está quase chegando

 

 

 

 

 

 

Vencer Abril !!!! Essa é a meta mais próxima

Parece besteira falar isso , mas muito antes de pensar na prova , dia 25 de maio , todos os esforços psicológicos e principalmente físicos são de vencer o mês de abril. Os treinos estão intermináveis , 5 horas de bike , mais de 2 de corrida , contar azulejos sem fim ……

Este é o mês da reta final , a base está feita e pronta, agora é aprimorar tudo , ganhar mais volume (é possível isso ??? aff) e virar o mês para lapidar. Abro minha planilha e quase caio para traz toda vez , mas tenho a estranha sensação de que será impossível fazer aquele treino e na hora a coisa vai que vai. Importante ressaltar que quando termino a sensação é maravilhosa , por ter feito , por me sentir mais seguro , por ter colocado mais uma fase para traz, é D+ !!! Tem agente que chama isso de endorfina , sei la !!! Para mim isso é dever cumprido, toda a dor , incômodo , calor , fome , fica para traz facilmente.

Hoje pela primeira vez , sem querer (juro), coloquei uma meta para prova , fazer em menos de 12 horas !!! No almoço com minha mãe , ela me questionou como será a dinâmica da prova , pois ela e meu pai vão até floripa para torcida, no meio da conversa ela vira e fala “Mas filho como vc vai fazer para ficar 11 , 12 , 13 horas fazendo exercício, se seu treino mais longo é de 6 horas ???” Preocupação e questão interessantes , não é ? Eu mesmo não sei a resposta , mas afirmei a ela que vai sair e que iria sair em menos de 12 horas !!! E foi quando me peguei colocando a meta , agora que ta feito , vamo que vamo.

Mas o que vale dividir aqui não é o tempo de prova, mas o que comentei com ela na sequencia e que  verdadeiramente eu acredito , independente do do tempo de prova ,  o processo de treinamento, abdicar de tanta coisa e realizar no dia 25 de maio é vencer na vida !!! Mostra a você mesmo que se é capaz de fazer isso é capaz de qualquer coisa. Todos seus problemas são pequenos , irrisórios.

Por fim , agora preciso segurar a alimentação , confesso que deslizei um pouco nas últimas semanas , mesmo bem mais magro e quase nos 10% de percentual de gordura , falta bem pouco para o peso e % ideal. Mas chego lá

Valeu turma , até o próximo

Vamo que vamo

 

 

Dois meses e um dia

dois meses

 

Na verdade são dois meses e um dia !!!! Hoje dia 24 de março e a prova 25 de maio.

Me lembro do ano passado , nessa mesma época onde se passavam mil coisas pela minha cabeça , uma insegurança desgraçada , o medo do desconhecido, sentimento que não desejo a ninguém. Hoje isso é passado , cada treino que realizo me sinto mais confiante , melhor preparado para este desafio.

Acho que é um reflexo da minha tranquilidade , comentei hoje em uma e-mail com o coach que o que mais me assusta não é a ansiedade e sim a falta dela !!!! rsrsrsrs

Mas acredito que isso esteja  ligado a um certo amadurecimento,  quilometragem rodada e aos profissionais que escolhi para me acompanhar. Hoje treino com muito , mas muito mais consciência do que está acontecendo, dos porquês de cada coisa , limites do meu corpo, com isso o resultado aparece , facilitando bastante não só colocar metas semanais como principalmente atingi-las. Ajuda também o fato de estar mais “tranquilo/solteiro”, saindo muito menos, alias quase nada, proporcionando mais descanso e menos porcaria para dentro do corpo. Aqui vale uma observação , alias uma constatação , faz falta !!!

Semana passada , tirei de férias , foi excelente !!! Por serem apenas 5 dias não deu para fazer nenhuma viagem , mesmo porque o foco agora é outro!!!! Consegui encaixar treinos mais longos , de melhor qualidade, com bastante intensidade. Valeu também que consegui sair dois dias, conhecer gente nova, valeu a pena.

Contente também que a corrida voltou , passei os 15 km e bem !!! consegui também colocar volume de corrida depois do pedal no treino de transição , também me sentindo bem. Foi ótimo !!!!

reta_final

Agora é reta final !!!  A lição de casa ta na mão , não perder NENHUM treino e tentar fazer com que os treinamentos que cada vez são mais longos sejam os mais produtivos possíveis.Não dá para perder o foco, vai ter bastante tempo para badalar, beber , fazer bagunça depois , agora é cabeça fria e suor no rosto.

Vamo que vamo

Em breve o novo uniforme , os novos apoiadores , várias novidades

Boa semana e bons treinos.

 

 

 

Um marimbondo no meu caminho

Salve galera tudo bem ?

Os treinos continuam firmes , cada vez mais os volumes aumentam , mas é assim mesmo. Estou agora num ponto onde tudo começa a ficar longo , longo , longo , não existe nada mais de uma horinha. Como referencia o pedal de sábado está na casa do dos 150 km , as corridas na casa dos 12 km , natação 8 mil por semana e assim seguimos com o início do mês de março.

CARNAVAL PEDALANDO

A semana do carnaval foi bastante importante , pois consegui dar um volume extra no pedal e de quebra um provinha no último final de semana. O legal foi ter feito no domingo a serra de Campos do Jordão, saímos ali da estrada logo depois da Carvalho Pinto e subimos até Campos , passando por Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, foi D+ !!!! Claro que duro , só sobe , né !!! Mas o visual , o ar , tudo …. valeram cada pedalada.

Depois do fim de outubro eu não corri mais , a lesão (a pior que já tive) não me largava , já comentei aqui em outros textos do trabalho desenvolvido na Sports Care do Gustavo Maglioca e sua equipe de reaprender a correr que iniciei em Dezembro. Voltei com pequenas corridas com caminhadas em fevereiro e venho nesse passo desde então. Mas ainda super inseguro , tendo que ter MUITO cuidado.

No último final de semana fui fazer o GP Extreme em São Carlos , pois era uma oportunidade de testar a corrida , ver se rolava mesmo . E não é que deu tudo certo !!! Corri super bem , sem dor , sem caminhada, claro,  fiquei radiante.

GP Extreme 2Na segunda já emendei um treino de 12 Km , ainda com intervalos de caminhada , mas poucos , mesmo sentimento , sem dor !!! Aos poucos o sentimento fica mais e mais confiante para encarar os 42 Km de Floripa.

O fato curioso e muito , mas muito dolorido, foi durante o pedal da prova em São Carlos. Estava lá , fazendo a maior força no pedal , quando de repente sinto uma queimação enorme , achei até que haviam me jogado uma brasa , daquelas bem vermelhas , sabe ? O pior foi a região que senti isso , para não ser muito detalhista no tema , imagina um palmo abaixo do umbigo , agora vai uns dois dedos para direita , aff !!!

Quando senti essa queimação super forte , estava no fim de uma mega descida e no clip da bike , ou seja , não dava para colocar a mão ou mesmo sequer olhar , mas acabei fazendo uma brecada brusca e fui olhar.  Na correia , com dor e tudo mais acabei esmagando a fera e seguindo na prova. A conclusão foi um mega inchaço e uma puta dor no pedal, mas to vivo hahahaha

Valeu turma até a próxima.

 

 

Passo a frente com a nuca roxa

Salve Salve galera, tudo bem?

Nerd Athlete Lies Exhausted in Green Grass Royalty Free Stock Photo

 

Mais alguns passos foram dados rumo ao meu objetivo. Esse final de semana foi um desses passos firmes e para frente.

Depois de algumas semanas com certa regularidade nos treinos e com a volta da corrida na minha rotina, começo a sentir o peso dos treinos. Fiz uma alteração nos treinos da natação, mudei para os treinos da Martinha ao invés do Bruno, a diferença que o Bruno faz um treino mais rodado e a Marta mais focada em águas abertas e mais fortes. A ideia é dar mais intensidade e aumentar o volume a partir de agora, inclui a natação também na sexta-feira, ficando 3 vezes na semana. Depois de me acostumar ao novo ritmo e diminuir as sessões da físio, acredito que já no fim de março, farei mais uma vez na semana (bem rodado) para o aumento do volume.

Neste sábado passado, rolou uma prova no lago do Wet’n Wild,como fica nas margens da Bandeirantes e eu já iria pedalar lá , aproveitei para fazer um treino e sair para pedalar. A ideia em si foi ótima, mas algumas coisas aconteceram que dificultaram um pouco o processo. A natação em si foi bemmm tranquila, não tinham os 1800 metros, na verdade não sei quanto tinha , acho que uns 1500, mas sei dizer que nadei bem solto , tranquilo em 27 minutos, que é bem próximo ao meu tempo, nadei fácil!!

Depois me encapotei todo, muito protetor, pois o sol estava muito forte e segui para o pedal de 130 km. Detalhe, esqueci de passar na nuca. Desde o acidente essa foi à primeira vez que pedalei sozinho, estava um pouco inseguro, mas vamo que vamo.

Segui em frente e ao invés de fazer duas ou mais voltas resolvi seguir 65 km à frente, “bater piks” e voltar, assim não teria chance de fraquejar. Só não contava com alguns detalhes, como a chuva por exemplo.

Tomei 3 chuvas de verão na cabeça que foram bem complicadas, a sensação do chão encharcado , vento e água na cara , com o caminhão passando ao seu lado com o jato   d´água , NÃO É NADA AGRADÁVEL !!!!!!! Para melhorar entre os períodos de chuva abria um sol venenoso que ardia muito, e fazia subir um bafo MUITO, mas MUITO desagradável. Para completar a excelente ideia, furaram 4 pneus.

Chegando ao estacionamento do Wet’n Wild, corridinha lá dentro mesmo e a feliz surpresa que custa 40.00 reais o estacionamento!!!! PQP

Resultado, 128 km de sofrimento, mas ao mesmo tempo de uma satisfação de dever cumprido, de vencer as intempéries do treino, conquista e que um passo foi dado com louvor, mas com a nuca roxa!!!

Que venha o carnaval e os muitos km´s pela frente.

Boa semana

Quem foi rei do jacaré nunca perde a majestade #sqnao

Não ia escrever este post , o tema era outra na verdade , mas acabei escrevendo um e-mail contando como foi a minha última prova em Santos , pelo menos por um tempo.

Mas antes vale refrasear o amigo Dalton Cabral lá de Manaus , que uma vez disse “o meu equipamento é caro e de última geração… mas os meus sonhos e o meu amor pelo triathlon não tem preço!”

Segue na íntegra :

E ai Fe como foi a prova ? Ouvi uns comentários no Face , deu muita confusão ?

Confusão ? Imagine !!!

Cheguei mega cedo lá , acho que fui um dos primeiros por conta do horário de verão.

Coloquei minhas coisas  na área de transição , que havia só uma pessoa , nem levei o tênis , uma vez que não iria correr, assim não tinha o risco de animar , fazer e me ferrar. Afinal o fim da lesão está quase lá, mesmo porque depois ia tomar bronca do Gustavo Maglioca e do Ricardo Hrish , to fora !!!

Já fui  colocando minha rupa de borracha e fui para praia , assim já sentiria o drama do mar logo , aquecia e ficava resolvido isso. 
Ao chegar na praia vejo dois surfistas me olhando e falando assim : Onde vc vai ?
Eu falei:  dar uma nadadinha 
Eles: certeza ?
mar inter santos domingo
E lá fui eu, dando de ombros e pensando , esse Núbio NUNCA vai cancelar essa prova, melhor já ver qual é a do mar.  Apesar de parecer ruim de longe, já estava lá mesmo , o que mudaria entrar antes e sentir o tamanho do problema ou deixar para entrar na hora.
Bom , lá fui eu e tentei por 15 minutos e nada,  não passei a arrebentação !!! Onda e mais onda na cabeça.
Logo voltei para praia e pensei ,  vou encontrar a turma la na transição e vamos ver o que rola , assim ta foda !!!! Hoje vai ser aqueles dias duros!!!
Volto para transição como se nada tivesse acontecido. Ai encontra um , dois , bate um papo aqui , outro ali.
Fernando , Eu , Fabio Brandão , amigo do Fernando

Fernando , Eu , Fabio Brandão , amigo do Fernando , não sei o nome.

 Resolvi voltar , ai já com uns 6 junto. Na praia já havia bastante gente nesse momento , outras pessoas no mar. Mas as condições eram as mesmas.
 Entrei , já com a ideia fixa que nada poderia me deter, me esforcei pacas,  passei a arrebentação, UFA !!!!!  Coração na boca !!!! Nadei bastante para fora, quando pensei ” ok , ta bom , agora só voltar ” Olho ao redor e ninguém junto, nenhum dos caras que entrou comigo ou qualquer outra pessoa.
Nado um pouco e já a brilhante ideia , resolvo pegar um jacaré , afinal quem foi o rei do jacaré na infância nas praias de Pitangueiras- Guarujá , nunca perde a majestade. Jacaré mode on , puta onda , curtindo , me achando o Medina, quando me dei conta do meu óculos de natação e o fim da onda que se aproximava e que como um bom surfista de ondas  já antecipei o ligeiro caldo básico que sempre ocorre no final da onda.  Logo pensei , fóóóóóódeu , não posso perder os óculos agora !!!!! Arranquei de uma vez da cabeça e desencanei do jacaré Pipe Line que vinha surfando , foi ai que a coisa ficou feia amigo !!! Puta caldo master , blaster , ultra !!!!
 Nunca bebi tanta água na vida , fora que quando sai da máquina de lavar , meio tonto , tomei outra onda na cabeça e assim foi até conseguir chegar mais perto da praia. Mas graças a deus os óculos estavam salvos. rsrsrs
 Chegando na praia , já lotada , aquela confusão , nego tentando colocar a boia e não conseguindo , reclamação geral , um monte de marmanjo com medo , meninas pedindo arrego. Olha,  tava no mínimo engraçado. E como sempre a desenformação imperava.
 Alinhamos, ia rolando uma , duas , três largadas , quando começa uma puta correria na praia , eram os bombeiros trazendo um monte de gente para margem , meninas que não nadaram e corriam como se estivem nadado (foi isso que fez o Núbio segurar todas as meninas na saída do pedal)

 Depois disso , faltavam 3 categorias para largar , incluindo a minha ,  a chuva apertou para animar um pouco , quando depois de mais de uma hora em pé na chuva e sem nenhuma informação (para que serve o sistema de som ? Para que ???) , a incrível organização resolveu largar da praia mesmo.
Tipo assim : Ou vcs ai , alinhem aqui na praia mesmo , atrás dessa risca no chão e saiam correndo, todo mundo junto e lá na transição vcs se viram ok ? Só não vale vácuo, mesmo saindo 300 pessoas juntas , ta bom ? Boa sorte
E foi nessa hora , que eu pensei , PQP o que eu to fazendo aqui ? Já não vou correr, não vou nadar , para que eu vou me arriscar nessa muvuca, na chuva  ???? Quer saber , vou comer um bom sanduba , tomar um banho e rumo a SP que eu ganho mais.
E foi assim !!!!

 

Atualização em andamento………….

comédia

A vida passa rápido de mais …… Tão rápido quanto o ciclista acima , com sua mega bike e seu capacete aero rsrsrsrs.

Fiz a prova em Miami ontem e já  parecem anos , incrível !!!! Claro que muita coisa já vem rolando desde então e o planejamento andando a todo vapor. Sem planejamento a coisa fica perdia , solta e ai que desanda, pelo menos para mim no que se diz respeito ao esporte. A vida , essa , estou trabalhando MUITO “deixa a vida me levar , vida leva eu ” sabe como é ???? rsrsrs

Bom , sobre o que interessa , o tratamento do quadril e do joelho continuam a todo vapor. Comprei uma maquininha que faz choques (igual a da fisioterapia) que tem sido bastante utilizada, sinto bem menos dor , quase nada. Mas estou totalmente sem corrida , esta será a 4 semana e seguiremos assim. Quando forço no pedal ou na natação ainda sinto , mas segundo o Ale (fisioterapeuta) ainda temos um período pela frente do tratamento. Mesmo porque até Maio tem bastante tempo e dá para fazer tudo.

Outra novidade é o Dr. Gustavo Maglioca , o famoso DOC. Estive lá e foi muito legal , vamos começar um trabalho juntos , alias também acontecerá com outras pessoas da LPL Esportes e que treinam comigo o que integra e fortalece mais, houve uma sinergia muito grande dos sistemas de treinamento da assessoria (Ricardo Hirsh) e sua metodologia ( DOC). Para ser mais claro, digamos que ele é um guarda chuva , olhando o macro e influenciando no micro e embaixo estão a LPL com as planilhas , a nutrição , musculação , fisio e natação. Mudanças estão por vir , mas isso escrevo depois.

Sem contar que até janeiro o plano continua o mesmo , base, base , base….. Principalmente no pedal, ao mesmo tempo que tenho que chegar em janeiro descansado e curado o pedal tem que ter 80km´s bem feitos como base. Esse feriado foi sensacional, consegui fazer dois pedais na Bandeirantes que foram extremamente positivos. Mesmo indo na roda, ou seja, sem estar exposto ao vento, consegui fazer no primeiro dia um treino mais leve , mas ao mesmo tempo escapando/forçando as subidas (total de 100km) e no sábado já foi o contrário, só 80 km , mas bem ritmado/cadenciado, ai com uma média de velocidade 15% maior. O legal foi experimentar um novo jeito de terminar as subidas , em pé , funcionou bem e provavelmente devo continuar a faze-lo.Domingo o plano era ir para Romeiros , mas tempo não ajudou e ai foi aquela festa , sorvete , cerveja , etc (ADOOORO DAY OFF).

Final de semana que vem tem Pirassununga e infelizmente não vai dar para fazer a prova toda , mas pelo menos vou nadar e pedalar , digamos que será um treino de luxo . Vai ser um esquema sem forçar , excelente para treinar a transição com pedal longo.

Por fim, semana passada me despedi da Cervelo P2 , grande companheira , mas a vida que segue e até o final do ano ficarei somente com a bike de ciclismo, diga-se de passagem é excelente, mas é outro pedal né !!!! Quem será que vem ai ? quem , quem ?? Surpresa , mas vai ser uma compra totalmente emocional  hahahahaha

Acho que cobri tudo ou quase tudo , próximo post coloco as fotos de Miami

Vamo que vamo e bons treinos

Pensei , ponderei, conversei com bastante gente e ta resolvido !!!!

Duas semanas atrás mais ou menos vi escapar entre meus dedos a prova do próximo domingo dia 27/10. Tanto tempo dedicado , horas e horas pensando nisso , um monte de coisas que foram deixadas em segundo plano quase escorreram pelo ralo.

A dor veio , os anti inflamatórios , a ressonância e o laudo. Pronto estava desenhada a catástrofe e mais uma vez o passado volta ao presente e quando chega no momento final surge mais uma vez um impeditivo. Mas de novo não , aaaaaa não.

Cheguei até a comprar uns amuletos para tirar a urucubaca , só podia ser olho gordo , quer dizer obeso , só podia.

amuleto

Mais ai é aquela coisa , parar é morrer !!!! Corre corre , praticamente uma internação na clínica de fisioterapia do (mago) Ale Ferrari (não sei como ele me aguenta tanto pqp) , sem treinos de corrida (não estou nem subindo escada) , natação só com pullboy e pedal bem leve. Bolsa de água quente o dia inteiro no quadril , e assim tem sido meus dias.

imagenss

Pensei , ponderei, conversei com bastante gente e ta resolvido, VAMOOOOO com tudo. O que de pior pode me acontecer nisso tudo ??? Andar 21 km´s e é isso ? Uma dorzinha também , mas ai ……

Estou me sentindo muito bem , a natação ta boa , o pedal também super consistente e a corrida antes de tudo isso ia de vento em popa.

Só aceito uma coisa:  a medalha no final , seja lá quanto tempo demore para chegar ( isso não nunca importou na verdade) , vencer todas as dificuldades.

E como sempre digo , vamo que vamo

Reta final e os percalços da vida

 

Salve Salve galera , está chegando a hora, só mais duas semanas de treinos e é isso , SHOW TIME.

Estes últimos tempos foram bastante complicados , mas o que não é complicado nessa vida , não é verdade ?

Com a separação dormir que era algo extremamente automático , se tornou um problema. Saudades do tempo em que chegava 22:30 e eu mau conseguia ficar com os olhos abertos e quando tocava o despertador as 4:30 parecia que tinha ido dormir fazia pouco. Agora em São Paulo é época dos Sabiás cantarem mais cedo para atraírem suas fêmeas, a coisa ta feia , amigo !!!! A canturia é praticamente 24 horas , sem contar as mil minhocas que passam pela minha cabeça e que claro , não me deixam dormir.

A consequência disso tudo são algumas , tanto do lado positivo , quanto do lado negativo. Do lado ruim é que todo meu planejamento e frequência de treinos vem sofrendo bastante com a rotina alterada , pois quando tenho que acordar cedo para correr já não consigo , quando tenho que me concentrar e focar naquilo que estou fazendo também não consigo. Ou seja , ta complicado ter um dia de bons treinos , sabe aquele que vc se esforça , chega no seu limite e supera sua expectativa ? Faz tempo que não acontece um desses , o que tem rolado são corridas à noite (principalmente os longos), pernas mortas pela manhã para o pedal , ausência na natação e sábado de treinos de estrada que venho me arrastando. Foda !!!

O lado bom , aaaaaaaa o lado bom , é que continuo extremamente comprometido, que apesar de todos os perrengues pessoais e dos treinos , continuo achando que viver, buscar coisas e  pessoas (novos ou antigos amigos) que me tragam alegria, que deixam minha vida mais leve , é fantástico !!!! Que não existe nada mais legal que correr atrás de um objetivo , por menor que ele seja ou por mais maluco que ele possa parecer , vale muito a pena,. E por fim e bastante importante :

 

Miami me espera hein , to chegando , meia boca ou não , to chegando e essa medalha vai voltar comigo …..aaaaaa vai .

 

Bons treinos , boa semana e Vamo que vamo

Um beijo especial para aqueles que vem fazendo a diferença nesses tempos de mar revolto.

Fui

Treinos de corrida para Miami

Rural Runners Royalty Free Stock Photo

Fazem 3 semanas que venho fazendo um treino de corrida específico para prova de Miami no dia 27 de outubro.

Na prova com distancia de meio Iron , 1.9 de natação , 90 de bike e 21 de corrida , além do calor que provavelmente estará bombando , a corrida em especial passa por uma ponte duas vezes , ou seja , haverão 4 subidas. Não são íngremes, mas são um pouco longas , por esta razão resolvi treinar subida na corrida.

É mais ou menos isso , veja

Downtown Miami, Florida, USA Royalty Free Stock PhotoMiami Florida Skyline

Duas coisas eu não consigo treinar , o calor e o vento que vai rolar na ponte principalmente , isso por que faço meu longo de corrida nas segundas feiras pela manhã , ou melhor, de madrugada , saio de casa por volta das 4:40 am e hoje venho correndo por volta de 16km´s , mas o volume deve aumentar mais uns 2 a 3 km´s , o que muda pouco do que estou fazendo hoje. Como já acordo com uma folga , no começo que o volume era um pouco menor sobrava mais tempo para banho, café e o passeio do cachorro , mas com o aumento do tempo/volume , não sofro para acordar , pois já acostumei o corpo.Tudo porque tenho que estar na minha mesa as 8:00 em ponto e isso aqui  é algo inegociável.

Saio de casa correndo e já logo encaro uma subida bem ingrime o que faz meu batimento subir muito , mas vou no trote bem leve , chego na USP com quase 3,3 km , lá faço pelo menos uma volta de 8km (existem uns circuitos estabelecidos na USP , volta de 6km, 8km e 10km) que consigo pegar pelo menos duas subidas boas , depois faço um sambarylove no percurso e faço mais duas subidas e volto para casa. Até ai meio que tudo bem ,. o problema é chegar em casa , pois existe um falso plano que na ida não ajuda muito , mas mata na volta .

O resultado na segunda durante o dia é um desconforto em alguns lugares , muito por conta do desconforto de correr na subida. Mas é isso ai , vamo que vamo

painful joints Royalty Free Stock Photo

 

O que você faria ?

Esse último Domingo ocorreu  o Ironman 70.3 Brasil , prova cheia de expectativa , pois depois de algum tempo sendo realizada em Penha foi para Brasília , nossa capital.

O que está em torno nos últimos meses sobre as provas com bandeira Ironman é onde serão as novas provas anunciadas para o ano que vem , pois já em 2014 teremos duas provas 70.3 e duas 140.6 , respectivamente meio ironman e ironman completo.

Mas ainda para 2013 a novidade ficou reservado a mudança de cidade , dessa vez o palco foi Brasília , a natação no lago , com o percurso bem técnico e com um ar seco , difícil de respirar. Os comentários pré prova foram ótimos , todos elogiando o visual da prova , a tradicional organização , o tempo etc , mas ninguém espera o desfecho da prova.

O francês Jérémy Jurkiewicz cravou um pedal incrível com média de 43 Km/h no percurso sinuoso de Brasília , mas no final ….. ahhhhh o final

Foto: Mais uma imagem reveladora da chegada de ontem do Ironman 70.3 Brasil. Reparem no desespero do francês, que agarra Igor Amorelli!

Igor, o melhor Brasileiro ,  vinha tirando a distancia na corrida , cada momento a distancia diminuía , mas o Frances com a prova ganha , resolveu comemorar antes da hora !!!!

Foi então que por pouco ele não leva a prova , agora o que passou na cabeça do Igor naqueles milésimos de segundo , no fundo só ele sabe , mas o que você faria ?

O fair play existe no meio profissional ? O que faria o Airton Senna com relação ao Prost ? Ou Nelson Piquet a Mansel ?

E o próprio Igor , que vive do esporte e que mesmo já classificado para o Mundia de 70.3 e para mundial do full Ironman em Kona (a copa do mundo) , precisa dos resultados, premiação , exposição dos patrocinadores ????  E ai ?

Decisão difícil né ?

O que eu faria ? Hoje sentado na minha cadeira confortável, treino feito , pança cheia não faria nada , mas ali na hora , no calor da emoção , com o oxigênio faltando na cabeça , a torcida gritando, dando 130% e percebendo a bobeada do Frances ummmmmm………

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões

E a entrevista do herói Igor !!! De qualquer forma parabéns a ele , pela prova , pela atitude !!

Incrível , vale a pena assistir !!!

Salve save galera tudo bem ?

Ia fazer um post semana que vem contando da primeira semana das atividades , fisio, etc, mas hoje vi um vídeo que foi um injeção de ânimo , força e que faço questão de divulgar aqui.

Convido vocês a assistirem o vídeo do Ironman 2013 que mostra muito bem o clima da prova , torcida e diferente de muitos, mostra bastante os amadores.

Vale a pena assistir , são apenas 8 minutos , Enjoy !!!

 

Mais um capítulo do Diário do Ironman – Revista Mundo Tri

 

Inscrição em mãos

Inscrição em mãos

 

 

Tudo bem ?

Segue mais uma capítulo do Diário , esse fala sobre a prova que ocorreu dia 24/2 em Santos , está bem legal.

 

Click no link abaixo (capítulo 4)

Capitulo 4

Projeto Diário do Ironman – Revista Mundo Tri

Imagem

O tempo passou, o trabalho apertou e os treinos então nem se fala , que acabei não colocando e nem comentando do projeto Diário do Ironman 2013.

Desde 2010 a revista Mundo Tri realiza esse projeto , consiste em mostrar o dia a dia de pessoas comuns e atletas profissionais , na forma de um diário seu percurso até o Ironman em Florianópolis.

Esse ano eu e o atleta profissional Frank Silvestrin fomos os escolhidos e a ideia é aca semana falarmos de um assunto.

Segue abaixo os dois primeiros episódios

Espero que gostem tanto quanto eu estou gostando em fazer

Episódio 1

http://www.mundotri.com.br/2013/02/diario-ate-o-ironman-brasil-2013-conhecam-fernando-asdourian/

Episódio 2

http://www.mundotri.com.br/2013/02/diario-ate-o-ironman-brasil-2013-fernando-asdourian-episodio-2/ 

Back in training

ImagemÉ, chegaram ao fim minhas férias !!! Mas valeu e muito 

Fernando de Noronha é um lugar mais que especial , e com certeza nos encontraremos mais uma vez. 

Agora como é duro voltar a rotina , do trabalho , dos treinos , da vida !!! Noooossa que dureza.

To bastante dolorido , isso que na semana passada fiz poucos treinos e bem leves. Aquela sensação de pernas pesadas , batimento cardíaco bem mais alto , inclusive falando em alto, o peso também ficou maior, também férias também foi da dieta.  

Mas essa semana já não tem mais desculpas , só depende de mim mesmo e com certeza os treinos serão feitos, e adeus para meu companheiro eski-bon diário . Alias escutei de um grande amigo na semana passada, enquanto colocávamos o papo em dia , ele contando do casamento e seus preparativos e eu falando , claro que de treino, a seguinte frase ” realmente , nada como ter um objetivo e correr atrás dele, parabéns e boa sorte” . Por isso que digo que só depende de mim mesmo. 

Semaninha de base para voltar , mas os planos seguem , 9/12 última prova de triatlhon , 15/12 teremos mais uma vez a Stoneman (já conhece o projeto ? Não ???? entra lá http://www.stoneman.com.br) e quem sabe a última prova de travessia dia 16. 

Boa semana a todos e vamo que vamo 

 

” A jornada faz parte do destino” Tristar 111 na conta !!!!

 

Começa o feriado , e rumo ao RJ para para uma etapa da jornada, conosco o frio , a chuva e claro a ansiedade.

Ao meu lado minha esposa com as mesmas inseguranças que a pouco tempo atrás também tive ( hj tenho outras rsrsrs) , um grande amigo e parceiro o Bruno Pinheiro , Guedes parceiro de treino e nosso Coach Ricardo Hirsh !!!

Curtição total ,  mesmo apesar da chuva deu para  passear e descansar. Do momento de pegar o Kit , visitar a feirinha da prova (que estava fraca), assistir ao simpósio , fazer check in  da bike  , enfim tudo !!!

A prova :

Mar mexido , correnteza puxando absurdo e muita gente , conclusão, porradaria total na primeira e terceira boia.Como eu tomei e dessa vez dei muita porrada também , nossa !!!! Não sei dos tempos oficiais , mas no meu relógio sai da água com 21 minutos , 3 acima do que pretendia.

T1: muito cheia , ai confesso que a organização falhou , podia ter mais espaço , para ter uma ideia não tinha onde sentar no chão para tirar a roupa de borracha , mas tudo bem. Demorei muito tempo no processo de sair para pedalar , fica a lição de agilizar mais nessa parte.

Sai para o pedal e correu tudo maravilhosamente bem, mesmo com as adversidades do vento , asfalto péssimo na perimetral , fiz melhor que imaginei , abaixo de 3 horas (no meu garmin deu 2.57). Fiz força , fiquei puto com o grupo de cariocas folgados na minha roda por duas voltas , curti o visual do corcovado , brinquei com o pessoal que estava lá apoiando ( Família Hrish em peso , Ricardo (marido da Camila) , Tati e Bel da Asics, Marcela (namorada do Bruno)) , mas por fim acabei bem cansado, com um puta sorriso.

T2: foi rápida e o logo sai para correr , coisa de 3 minutos

Agora amigo , aaaaa corrida é outra história , sempre houvi e nunca acreditei que metade da prova é na metade da corrida , PQP !!!. Foi uma mistura de raiva dos cariocas que passam por mim no final do 2km inteiros e falando ” ai parceiro , monsssstruuu seu pedal heinnnn” e muito aprendizado!!! Não sofri, pois fiz um corre anda e só apertei o ritmo e mantive o pace lá pelo 7 Km e fui até o final. Mas a cabeça e estar acostumado com os vérios sofrimentos é extremamente importante e isso é que te faz seguir em frente.

Tempo total: 4:32

Conclusão:

Me diverti bastante , aprendi um monte de coisa nova , tenho muito mais para aprender, mas acredito que estou no caminho certo. Valeu muito !!!

Mas já semana que vem tem travessia em São Sebastião e mês que vem a quente Pirassununga me aguarda para uma prova dura. Mas com certeza lá exercerei vários aprendizados da Tristar.

Menção especial para a Flo que além de ter feito sua estréia com maestria ficou em 2 na categoria !!! Parabéns

Algumas fotos :

Efeito placebo , será ?

Imagem

Pronto!!!!! uma semana para Tristar Rio de Janeiro

O que tinha que ser feito ta feito !!!! Mas confesso que a ansiedade começa a bater a porta.

Sexta de manhã partimos para a cidade maravilhosa rumo a mais uma prova e a um grande passo rumo ao Iron 2013

Serão 1.000 metros na água, 100km em cima da bike e 10 km de corrida , UFA !!!

A roupa de borracha chegou essa semana e amanhã faço o test drive, vamos ver o que rola , mas vai ficar apertada, claro.

Essa semana fiz três excelentes treinos de bike, terça com a galera da Personal Life , quinta com o capacete aéro , parecia que estava ligado no 220 , a coisa fluía e fluía , perguntei umas duas vezes para o David (tem sido um grande parceiro de treino de quinta além de ser meu técnico de corrida) se o garmim ( equipamento que controla velocidade , batimento cardíaco , distância , entre outras coisas) estava marcando certo. E finalmente hj que coloquei as rodas de carbono (Obrigado Ale mais uma vez) , sensação de estar com um motor ligado ……..

Fica a pergunta , ajuda mesmo ??? Ou é coisa da minha cabeça ?? Não sei , só sei que que nunca pedalei tão rápido e fácil.

Domingo que vem conto a vocês como foi , se ajudou ou não

Essa semana , só treinos leves , muito descanso e nos vemos na linha de chegada !!!

Imagem

O Mar não é só para peixe !!!

Bom dia , esses últimos dias foram bem agitados e corridos.

Nas últimas semanas a rotina dos treinos foram mantidas , as corridas de segunda estão voltando, as dores diminuindo , a musculação começando a dar resultados tangíveis, enfim , essa rotina é bastante importante , pois só assim se ganha ritmo e se evolui.

Mas falando de correria , essa final de semana foi intenso , na sexta o aniversário de uma amiga muito querida e especial, mas aqueeeela comilança , vinho etc … E pode parecer frescura quando dizemos que você é o que vc come , mas senti isso no sábado , pois depois de um fondue MARAVILHOSO  na sexta a noite, sofri MUITO no sábado durante o treino, mas as duas horas de pedal com 20 minutos de corrida mesmo sendo sofridos passaram ,….. Ufa !!!

Banho e estrada , rumo a Ilhabela , que continua MUITO bela mesmo , que lugar mágico , ainda mais com um casamento “pé na areia” , que estava muito bem decorado , com comida excelente , enfim tudo ótimo. Mas o acúmulo da semana puxada e a manhã de sábado cobraram seu preço. Fomo embora cedo do casório e logo para cama , já que no domingo tinha mais pela frente.

Amanhecer na Balsa

Domingo 7:00 am estava eu atravessando a balsa rumo a Caraguatatuba , com um visual lindo e frio desgraçado. Os temidos 2.000 metros me esperavam  e junto aquela mistura de tranquilidade e expectativa se conseguiria , quais dificuldades enfrentaria etc…

9:00 largada !!! Até a primeira boia uma grande confusão , se apertava o passo eu atropelava alguém , se diminuía era atropelado. Nunca tomei tanto pescotapa na vida , mas segui em frente , passei a primeira parte e rumo a segunda boia que estava mais aberta e para fora no mar. Nessa altura o pessoal espalhou um pouco e consegui nadar mais tranquilo , e sem engolir muita água. Mas impressionante como a falta de experiência atrapalha , pois perdi muito tempo arrumando a rota  de navegação e engolindo água tentando enxergar a boia , mas isso é treino !!!

Passo a segunda , e quando de repente já estou na terceira e me lembro que tem que falar o número, logo percebo que não me lembro do meu e para melhorar não consigo ver o que está escrito no ombro , que beleeeeza!!!  Mini trauma passado , me sentindo bem e confiante resolvo aumentar o ritmo até a quarta e última boia. Mas já com os braços um pouco pesados , a sensação era que estava voando na água , mas era só sensação mesmo, pois o ritmo não mudou. Quando enfim chego a praia , super contente por ter vencido mais essa etapa, resultado no meu Garmin , 1.934 metros em 36.12 minutos.

Como o domingo ainda estava apenas começando , toca eu de volta para Ilha , para pelo menos uma hora  e meia relaxando na praia e rumo a SP para a despedida de solteiro do GRANDE Volpi, que entrará para o hall dos casados sábado que vem.

Resultado geral é que hj não acordei para nadar , to com o fígado gritando até agora , mas contente com a rotina e com as novas conquistas. Dia 24.10 tem outra em São Sebastião , onde vou poder curtir um pouco mais a Ilha Bela e nadar uma prova um pouco maior de 2500 metros.

 

E vamo que vamo que o inverno chegou …………..

 

Abstinência !!! Ajuda a motivação ?

Salve Salve !!!!

E semana do dia dos namorados nada mais justo que se abordarmos o tema. Pelos próximos 15 dias minha amada esposa estará fora de casa, viajando entre Belo Horizonte e Rio de Janeiro para a Rio+20.

Não sei se ajuda nos treinamentos , masssss o assunto é polêmico , já que existe sempre uma grande discussão em torno das concentrações de jogares de futebol e ao no meio esportivo em geral.

No meu caso não me matará, faz falta claro , mas já que não é a primeira viagem da patroa rsrsrs , me ajudará a focar ainda mais nos treinos. (tomará rsrs).

A motivação anda em alta lá em casa , a Flo tem melhorado a olhos vistos (o que me deixa muito orgulhoso), seu pedal tem evoluído muito e a corrida segue firme. Já eu voltei a correr , ainda que bem na boa , me sinto muito bem e confiante. O que na verdade são sentimentos perigosos , nesse caso , pois todo o cuidado é pouco para não se empolgar e estragar tudo.

Voltar a correr é excelente !!!!

Também sigo firme no trabalho de fortalecimento , o que antes era um martírio hoje é mais que uma necessidade e te digo que até tem sido bacana fazer musculação. Novos treinos , novas pessoas , pernas doloridas,  mas o sentimento positivo!!!!! Espero sentir os efeitos positivos nos próximos 60 dias, nada é chato quando temos um objetivo claro pela frente , e no mu caso tenho de todos os tipos , de curto , médio e longo prazo. Se bem que tudo passa muito rápido.

O próximo desafio será uma prova dia 24/6 no mar em Caraguatatuba , serão 2000 metros de natação , vai ser duro , nunca nadei esse tanto direto, mas pretendo fazer várias provas desse tipo, assim em Floripa a boia não estará tãoooo longe e a confiança estará presente ainda mais.

E o grande desafio para este ano será a Tristar no RJ , o foco nesse momento está nessa prova que tem tudo para ser bem bacana. Como pretendemos viajar um pouco antes para Europa vamos perder uns 6 treinos pré prova , mas se divertir é preciso !!!! E nós arrumamos uma prova de corrida em solo francês , então ta tudo certo.

Seguindo em frente …………….. e vamo que vamo

 

Início de um novo ciclo

Quem disse que mês de maio é o mês das noivas ? 

Para mim é o mês do início de uma nova jornada , mês da mudança !!!!!!

Assim começa o dia , últimos momentos no apartamento da Visconde da Luz , que me abrigou por tanto tempo e depois nos abrigou (eu e Flo) , vai deixar saudades….

Mas é tempo de uma nova jornada começar , a casa nova está pronta e hoje faço a mudança , claro que com alguns detalhes por fazer , mas o tempo é  curto ($$) rsrsrs e a vontade é ENORME. 

Um grande sonho realizado e não poderia ser em melhor mês , de MAIO 

Mês esse do IRONMAN Brasil , onde estarei lá  para ver de perto meus companheiros e claro ver o TAMANHO da bucha que está pela frente, afinal 12 meses passam MUITO rápido, Iron13 estarei lá e com certeza irei completar a prova. Afinal se pensa que é um derrotado vc sempre será um derrotado  

Também é mês de recomeço , já que minha lesão , desculpe as duas lesões estão me deixando de molho , mas vai passar e como costumo fazer , estou olhando pelo lado positivo , isso quando a ansiedade é controlada rsrsrs. Mas sério , o lado bom é que a musculação será obrigatória a partir de agora e não existirão mais desculpas para não ser feita. 

Por tanto bola para frente , vamo que vamo !!!! 

Mas maio também é mês da Stoneman , corrida beneficente que já falei aqui no blog umas 10 vezes , que me mobiliza , que faz com que eu me desapegue de várias coisas que são guardadas e que não são usadas , que faz exercitar o sentimento de ajuda e principalmente de renovação. 

Portanto Maio é definitivamente um mês que dá o kick off de um novo ciclo não só na minha vida , mas também na vida das pessoas que estão ao meu redor, alias fica aqui meu registro público do orgulho em todos os sentidos da minha maior parceira a Flo !!! 

A luta agora é manter a motivação alta , tratar logo dessa lesão chata , voltar com os treinamentos e o mais importante é curtir a casa nova , pois novos sonhos já estão ai logo a frente esperando para serem conquistados. 

Em breve open house aguardem 

Vamo que vamo 

Seguindo em frente

Salve Salve !!!!

Após a prova Volta da Ilha , é hora de olhar para frente e focar nas próximas provas que além da adrenalina servirão como base.

Sem contar que os treinos continuam , a rotina começa a apertar , já que o frio está começando e começa uma época dura para os treinos.

Estou sem correr , ainda me recuperando da maldita areia fofa e as dunas , que foram parte de um dos percursos da prova. Mas é chato esse processo de recuperação, pois eu fico sem treinar direito , com incômodo na panturrilha e joelho, sensação de não estar evoluindo , enfim , é chato. Mas ao mesmo tempo é importantíssimo me recuperar bem , para seguir em frente.

Já aprendi a lição que uma boa recuperação vale mais que 1000 treinos mal feitos. O preço de continuar ou aumentar a lesão é muito alto. Tenha plena ciência que não tenho um corpo preparado para o volume de treinos e esforços que venho me submetendo e claro que ele reclama e vai continuar reclamando. Pelo menos até minha base aumentar e ai sim o processo melhorar

Próximas provas : 5 km esse sábado , com corrida noturna , ao som de Dj’s e bandas , e bem leve !!! Ritmo passeio

Dia 13/5 um short triathlon , que se tudo der certo já pleno e a todos vapor

E por fim a Stoneman dia 19/5 , com pelo menos 10km com chance de 15 km de corrida.

Outra coisa bastante interessante é um vídeo que está publicado na UOL que pergunta para algumas pessoas : O que é ser um Ironman

Vale assistir , pois reflete quase que 100% o espírito ( Discordo de algumas poucas coisas , mas como ainda não sou um acho que é normal)

O que é ser um Ironman

Bom é isso , vamo que vamo

Participar de uma prova longa é mais que correr

Esse post não terá a tradicional foto da camiseta da Personal Life e a Medalha da prova , mas acredite , a prova foi feita e dentro do tempo.

Nosso último corredor passou pelo pórtico as 7:53 se não me engano , sendo o limite as 8:15!!!! UFA !!! Deu tudo certo.

Participar de uma prova longa de revezamento estava nos planos de 2012 como parte do treinamento para o #Iron13. No ano passado fiz a Bertioga-Maresias , que tem características semelhantes , mas a Volta a Ilha foi especial.

Especial por ser em Florianópolis , mesmo local onde acontece o Iron , por ser uma prova de 15 horas , onde é muito mais importante o trabalho psicológico , com o complemento de exercitar da paciência , privação do sono , alimentação difícil , afinal é o tempo todo dentro da Kombi com outras 9 pessoas , acordando na véspera as 2:30am e com a largada as 4:15am. Muitas das condições que enfrentarei em maio do ano que vem.

Sem contar claro que você tem correr em condições/percursos muito diferentes dos treinos, no meu caso foram dois trechos, 10 e 17 , o 10 foi duríssimo , pois foram mais ou menos 4 km de areia fofa , subidas e decidas e para completar atravessar as dunas , tudo isso correndo !!! O 17 teoricamente era mais tranquilo , pois o chão era pavimentado e com apenas poucas e ingrimes subidas no início , mas já estava no final do dia , as pernas cansadas da areia fofa e como eu já esperava , minha panturrilha e o joelho cobraram o preço logo no início. Mas a motivação , o desejo de completar , o sentimento de equipe (principalmente esse , pois não havia possibilidade de alguém me substituir, eu tinha que fazer e rápido) fizeram que com nada pudesse me deter.

Como já dizia o nome da equipe “corremos mais que a kombi” acabei que cheguei antes da equipe no posto de troca rsrsrsrs , mas o transito e a rigidez dos militares (essa hora a kombi passava por dentro da base aérea) foram totalmente responsáveis por isso. E nem isso estragou nossa motivação , alias deu mais gás na Flo que era a próxima a correr para fazer o penúltimo trecho, e mandou muito bem por sinal!!!! Alias todos da equipe mandaram bem, sem eles eu não completaria a prova, cada um contribuiu não só com o suor , o esforço das subidas/morros, da areia de praia , mas sim com a energia positiva que foi fundamental.

Ficam as novas amizades , o aprendizado que as situações que a prova lhe obriga a passar , as terríveis dores musculares e a energia daquela Ilha que será palco em maio do ano que vem da minha conquista.

Outra coisa que ficou extremamente evidente e que eu convivi em meus solitários pensamentos durante meus trechos é que se eu não tiver nenhum problema físico , não existirá a menor possibilidade de não completar o #Iron13. A rotina , os treinos , a confiança nas pessoas que me guiam e o apoio da minha mulher e meus amigos é como adrenalina nas minhas veias todos os dias.

Abaixo segue o vídeo que mostra alguns momentos da prova , infelizmente aconteceu alguma coisa qdo transferi os arquivos e algumas partes ficaram cortadas , mas da para sentir o clima da equipe e da prova.

Até a próxima e até a Volta da Ilha 2013