Vencer Abril !!!! Essa é a meta mais próxima

Parece besteira falar isso , mas muito antes de pensar na prova , dia 25 de maio , todos os esforços psicológicos e principalmente físicos são de vencer o mês de abril. Os treinos estão intermináveis , 5 horas de bike , mais de 2 de corrida , contar azulejos sem fim ……

Este é o mês da reta final , a base está feita e pronta, agora é aprimorar tudo , ganhar mais volume (é possível isso ??? aff) e virar o mês para lapidar. Abro minha planilha e quase caio para traz toda vez , mas tenho a estranha sensação de que será impossível fazer aquele treino e na hora a coisa vai que vai. Importante ressaltar que quando termino a sensação é maravilhosa , por ter feito , por me sentir mais seguro , por ter colocado mais uma fase para traz, é D+ !!! Tem agente que chama isso de endorfina , sei la !!! Para mim isso é dever cumprido, toda a dor , incômodo , calor , fome , fica para traz facilmente.

Hoje pela primeira vez , sem querer (juro), coloquei uma meta para prova , fazer em menos de 12 horas !!! No almoço com minha mãe , ela me questionou como será a dinâmica da prova , pois ela e meu pai vão até floripa para torcida, no meio da conversa ela vira e fala “Mas filho como vc vai fazer para ficar 11 , 12 , 13 horas fazendo exercício, se seu treino mais longo é de 6 horas ???” Preocupação e questão interessantes , não é ? Eu mesmo não sei a resposta , mas afirmei a ela que vai sair e que iria sair em menos de 12 horas !!! E foi quando me peguei colocando a meta , agora que ta feito , vamo que vamo.

Mas o que vale dividir aqui não é o tempo de prova, mas o que comentei com ela na sequencia e que  verdadeiramente eu acredito , independente do do tempo de prova ,  o processo de treinamento, abdicar de tanta coisa e realizar no dia 25 de maio é vencer na vida !!! Mostra a você mesmo que se é capaz de fazer isso é capaz de qualquer coisa. Todos seus problemas são pequenos , irrisórios.

Por fim , agora preciso segurar a alimentação , confesso que deslizei um pouco nas últimas semanas , mesmo bem mais magro e quase nos 10% de percentual de gordura , falta bem pouco para o peso e % ideal. Mas chego lá

Valeu turma , até o próximo

Vamo que vamo

 

 

Anúncios

Link

Capítulo 5 – Diário do Ironman

Mais um capítulo do Diário do Ironman , dessa vez falo sobre a água !!! 

Como vem sendo os treinos de natação 

 

O Mar não é só para peixe !!!

Bom dia , esses últimos dias foram bem agitados e corridos.

Nas últimas semanas a rotina dos treinos foram mantidas , as corridas de segunda estão voltando, as dores diminuindo , a musculação começando a dar resultados tangíveis, enfim , essa rotina é bastante importante , pois só assim se ganha ritmo e se evolui.

Mas falando de correria , essa final de semana foi intenso , na sexta o aniversário de uma amiga muito querida e especial, mas aqueeeela comilança , vinho etc … E pode parecer frescura quando dizemos que você é o que vc come , mas senti isso no sábado , pois depois de um fondue MARAVILHOSO  na sexta a noite, sofri MUITO no sábado durante o treino, mas as duas horas de pedal com 20 minutos de corrida mesmo sendo sofridos passaram ,….. Ufa !!!

Banho e estrada , rumo a Ilhabela , que continua MUITO bela mesmo , que lugar mágico , ainda mais com um casamento “pé na areia” , que estava muito bem decorado , com comida excelente , enfim tudo ótimo. Mas o acúmulo da semana puxada e a manhã de sábado cobraram seu preço. Fomo embora cedo do casório e logo para cama , já que no domingo tinha mais pela frente.

Amanhecer na Balsa

Domingo 7:00 am estava eu atravessando a balsa rumo a Caraguatatuba , com um visual lindo e frio desgraçado. Os temidos 2.000 metros me esperavam  e junto aquela mistura de tranquilidade e expectativa se conseguiria , quais dificuldades enfrentaria etc…

9:00 largada !!! Até a primeira boia uma grande confusão , se apertava o passo eu atropelava alguém , se diminuía era atropelado. Nunca tomei tanto pescotapa na vida , mas segui em frente , passei a primeira parte e rumo a segunda boia que estava mais aberta e para fora no mar. Nessa altura o pessoal espalhou um pouco e consegui nadar mais tranquilo , e sem engolir muita água. Mas impressionante como a falta de experiência atrapalha , pois perdi muito tempo arrumando a rota  de navegação e engolindo água tentando enxergar a boia , mas isso é treino !!!

Passo a segunda , e quando de repente já estou na terceira e me lembro que tem que falar o número, logo percebo que não me lembro do meu e para melhorar não consigo ver o que está escrito no ombro , que beleeeeza!!!  Mini trauma passado , me sentindo bem e confiante resolvo aumentar o ritmo até a quarta e última boia. Mas já com os braços um pouco pesados , a sensação era que estava voando na água , mas era só sensação mesmo, pois o ritmo não mudou. Quando enfim chego a praia , super contente por ter vencido mais essa etapa, resultado no meu Garmin , 1.934 metros em 36.12 minutos.

Como o domingo ainda estava apenas começando , toca eu de volta para Ilha , para pelo menos uma hora  e meia relaxando na praia e rumo a SP para a despedida de solteiro do GRANDE Volpi, que entrará para o hall dos casados sábado que vem.

Resultado geral é que hj não acordei para nadar , to com o fígado gritando até agora , mas contente com a rotina e com as novas conquistas. Dia 24.10 tem outra em São Sebastião , onde vou poder curtir um pouco mais a Ilha Bela e nadar uma prova um pouco maior de 2500 metros.

 

E vamo que vamo que o inverno chegou …………..