Aprendendo a lidar com as adversidades e álbum de fotos Challenge Florianópolis

Medalha Challenge Floripa 2014

Medalha Challenge Floripa 2014

Salve Save galera, tudo bem?

Conforme prometido, aqui estou eu e com a medalha no peito.

Mas nem tudo são glórias, essa prova contribuiu com mais uma etapa do meu amadurecimento e evolução, tanto na vida como no esporte e principalmente me mostrou como lidar com as adversidades.

Confesso que fiquei bastante chateado com o resultado final da prova, fui muito do longe do queria e estava preparado, mas tem dia que não é seu dia e Domingo não foi o meu.

Pneu furado, cambio da bike péssimo com a corrente caindo toda hora, discussão com árbitro que quase chegou a uma briga de fato, penalização com plus da meia encharcada e por fim bolhas com pé (isso mesmo, foram tantas que na verdade as duas solas viraram duas grandes bolhas).

Na prova, assim como na nossa vida, por mais que nos sentimos preparados para os desafios, imprevistos podem acontecer pelo caminho, tornando o que era “quase certo” em algo dramático que te levam a outro rumo e com isso levando sua história para outro fim, que não o desejado.

Cada incidente ia minando minha alma, destruindo tudo que havia construído e fui em cada momento perdendo a cabeça e me descontrolando. Até que chegou um momento da corrida que desencanei totalmente, pois não havia mais nada o que poderia ser feito e resolvi “trazer para os boxes” da maneira que dava, mas desistir ??? Nunca

A maior lição de toda essa experiência , consigo enxergar hoje, dois dias após a prova e com certeza levarei para o resto da vida. É difícil se antecipar às adversidades que acontecem que não estão no seu controle, mas saber manter a calma, continuar procurando entregar o seu melhor, sem se abalar, ou melhor, utilizando isso como mais uma força para lhe incentivar e continuar em busca do seu melhor.  Essa a maior lição que aprendi de como lidar com as adversidades e para aquelas que sim estão no seu controle, ATENÇÃO !!!

Obrigado mais uma vez pela torcida e pelos votos de boa prova, Vamo que Vamo, afinal a vida é que nem a fotografia, o segredo é transformar o negativo no positivo.

Abaixo algumas fotos do final de semana

Roga e eu no Aero

Gui , Paula e Eu no Aero

Gui, Paula e Eu

Gui, Paula e Eu

Ale Ferrari e Eu na transição

Ale Ferrari e Eu na transição

Arrumando a tralha na transição

Ale, Donald e a Julia, nossa futura triatleta

Chefe do fã clube

Fotos de Toca = Uma beleeeeza

Foto Mundo Tri

Foto Mundo Tri

Ludão – tomou puxão de orelha pela bike , mas ele continua sendo o cara !!!

últimas instruções – Mar não tava para brincadeira não

Irmãos Correa , Ale e Gui

Adri Norte e Gui Correa

Na largada

Ale Ferrari , Donald, Eu , Roga

10685519_10152870267518486_5561489385576274_n

Foto Mundo Tri , Ainda não tinha dado nada errado (ainda)

10459919_10152871683728486_6062208832343616809_n

Foto Mundo Tri – Bolhas e dor sim , alegria sempre 😉

10846023_10152871686893486_52435284900514584_n

Foto Mundo Tri

10806498_10205785123136927_1955115247804825365_n

Quadro que resume MUITO bem a prova KKKK

IMG_0499

Bike check-in – Donald , Eu e Roga

IMG_0517

Paula fotógrafa oficial

IMG_0501

Entrando na T1

IMG_0500

T1- me preparando para bike

IMG_0516

Saindo para correr

IMG_0484

Senta , pega um Whisky que la vem história …… 2013 chega ao fim.

Mais um ano se passou e que ano hein, ano em que esse blog cresceu com cada vez mais gente acompanhando, onde divido quase tudo da minha vida, meus pensamentos e o mais legal de tudo, é saber que alguém do outro é impactado com isso, mas de uma maneira boa!!! Tive a oportunidade esse ano de conhecer algumas pessoas que estão do outro lado do texto, algumas só por troca de e-mails, outras pessoalmente, outras em cima da bike, mas independente do jeito a interação foi e é sensacional. Com certeza se intensificará em 2014.

O ápice disso foi o presente que recebi ontem, de uma pessoa anônima que estava por trás da tela e que hoje, ainda bem que está desse lado de cá, sério, me vi numa situação de alegria, misturado com prazer, com admiração, com carinho, cumplicidade que há muito tempo não sentia.  Na verdade acho que a melhor palavra para descrever é INCRÍVEL!!!!

E a vocês que me aguentam, torcem e que também tem seus sonhos o meu muito obrigado por fazerem parte da minha vida e o desejo de boas festas, ano que vem tem bastante coisa para dividirmos e sempre será uma via de duas mãos. Meu muito obrigado por tudo.

O ano de 2013 foi no mínimo diferente, para ser bonzinho e não ficar de muito mimimi, ano de dedicação, frustrações, lesão, separação, novas amizades, recomeço e vitória. Às vezes fico me perguntando como tudo isso pode acontecer em apenas 12 meses, em tão pouco tempo ocorreram tantas coisas.  O projeto de vida Ironman e tudo que envolveu isso foram umas das experiências mais intensas que já vivi, não é só ir lá e treinar, muita coisa muda na sua vida, na verdade muda na inscrição, nos meses que antecedem (o ciclo) só se intensificam. Isso vai muito de cada um, eu acredito, cada um encara de uma forma o desafio, a prova,eu encaro como um estilo de vida. O acidente um mês antes e da maneira que ocorreu, foi uma grande provação e que venci.

Depois disso tudo ficou meio sem sentido, na época, ainda casado, resolvi viver o sonho da minha ex-mulher, apoia-la, Hawaii, triatlo, com um casal de amigos (nota mil), ao mesmo tempo iniciava-se o processo de recuperação do ombro, afinal aquilo era apenas mais uma dificuldade e que não iria me deter. Defini a volta, 70.3 de Miami, mais para final do ano, assim daria tempo para me preparar. Mas claro que não seria tão simples assim né?

Nesse processo todo, vem a separação, mudanças no cargo/trabalho, sessões intermináveis de fisioterapia, volta as piscinas e aos treinos, por fim duas semanas antes da prova , mais um desafio, a lesão no quadril e glúteo. PQP, minha cabeça foi para o espaço!!!! Como era possível aquilo estar acontecendo, será que mais uma vez eu viveria aquela frustração?  Tomei a decisão de seguir em frente, com ou sem dor, independente da consequência. Fui lá, vi e venci!!! E que sensação de vitória inacreditável, confesso que de dor também, não foi fácil, mas no fim deu certo.

Hoje continuo no processo de recuperação da lesão, mas um pouco mais além, reaprendendo a correr, com um trabalho de reensinar o corpo a forma correta, pois se não sempre voltarei a me machucar.

Mas mencionei as palavras, recomeço, vitória, isso tem muito a ver com esses últimos 3 meses, uma característica minha é sempre procurar olhar o lado bom das coisas e porque não da vida? Tudo o que aconteceu só me fortaleceu, me vez ver e realizar que problemas são feitos para nos fortalecer, claro que o processo é uma merda, mas é tão bom quando você percebe que passou!!!  Isso sim é uma vitória, com direito a uma bela medalha no peito. Alias o que é a medalha em uma prova dessas que faço?? Se não um símbolo de conquista, de mérito por todo o esforço e comprometimento que tive e que venci ao passar o pórtico. Ao receber o DVD ontem (presente mencionado início) entendo, sinto, realizo que só segue em frente quem para de olhar para trás, e é bem isso mesmo!!! Mas aprendi muito com esse ano e tudo que vivi nele, me mostrou o como posso ser forte e seguir em frente atrás dos meus sonhos.

Quando falo de recomeço é porque esses últimos 3 meses vem sendo a fundação da reconstrução/recomeço, dos próximos tijolos que colocarei e assim seguindo em frente.

Repeti esses dias algumas vezes isso, que agente não escolhe quem passa na nossa vida, mas agente pode escolher quem queremos que fique, né? Eu gostaria muito que vcs fiquem e que me acompanhem nessa jornada de vida. No meu dia a dia, também, existem as pessoas que quero muito que fiquem, mas essas também precisam querer,  😉

2014 é ano de AÇÃO, ano de correr o Ironman Florianópolis (25 de maio as 7:00 am), ano de muito treino, dedicação e principalmente foco e com isso ser FELIZ ,  pretendo dividir aqui com vocês esse novo caminho e os tijolos que colocarei aos pouco na base até maio.

Por fim, trago um dos vídeos que uso para me motivar e que retratar exatamente o que serão esses próximos 5 meses, é rapidinho , vale assistir.

 

 

 

Vamo que vamo

Um excelente 2014 a todos vocês

Passarinho tem insônia ?

Domingo 22:00 – começa a pescaria na frente da TV , um pouco mais e chega o momento a me render ao descanso dos grandes , cama !!!!

Segunda 2:00 am – acordo como se fossem 11:00 , olho no relógio e logo penso , essa noite vai ser longa. A cabeça a mil por hora , rolo para lá , para cá e logo resolvo não lutar contra meus pensamentos, tento relaxar o máximo possível. Só quem já teve ou tem insônia e que passa por alguma situação  difícil sabe que como é duro, normalmente durmo bem , mas não tem sido fácil esses últimos dias. Uma das coisas que fiquei pensando era como que os passarinhos começam a cantar tão cedo ou tão tarde da noite ?? Porra os caras não dormem nunca ? são 24/7 ? impressionante !!!! Será que eles também tem insônia ?

Segunda 4:20 am – Já escovando os dentes  e traçando o caminho do treino de corrida na minha cabeça , fazendo as contas do tempo e qual o percurso , se pego muitas ou poucas subidas , em Miami vai ter subida pacas na corrida , é bom treinar né !! inclusive tentando a todo custo, por um breve momento, esquecer tudo um pouco e focar no treino , mas impossível.

Sair de casa antes das 5:00 am em plena segunda feira , com um clima excelente (14 graus), sem nenhuma pessoa na rua é muito louco. Fica uma coisa meio de filme ,  normalmente quando saio um pouco mais tarde , ainda encontro com algumas pessoas chegando para trabalhar , a turma do leite na frente da padaria , gente (poucos) andando na rua , algumas domésticas chegando, enfim,  a turma como eu os apelido na minha cabeça . Alias fico imaginando essa gente quando me olha correndo naquela hora , devem pensar coisas incríveis.  Mas hoje não tinha ninguém , por uns 25 minutos era eu , o barulho de tênis no asfalto e quem mais ??? Os passarinhos, lógico !!! Quando saio de casa correndo normalmente vou sem música , correr a noite na rua com música não é uma boa combinação.

Entro na USP e aquele lugar totalmente deserto , parecia que era só meu , hoje nem cachorro tinha zanzando por lá, um super contraste com sábado .Da minha casa até a porta da USP são 3,3 Km´s , tempo suficiente para aquecer e entrar com a corrida encaixada , mas hoje não foi bem assim , com a péssima noite meu batimento estava super alto , a passada estranha e a coisa não ia bem. O resultado foi uma corrida mais lenta , mais demorada e por consequência chata para caramba.

Nem o nascer do do sol que normalmente é algo que acho super bacana , que me motiva hoje foi bom , quando tudo está uma merda é foda !!!

Semana passada ouvi uma assim : A vida não ta fácil para ninguém , mas comigo já esta sendo sacanagem.

Mas missão dada é missão comprima , 15 km na conta !!!

Vamo que vamo que a semana é longa e hoje ainda tem natação a noite.

 

O que você faria ?

Esse último Domingo ocorreu  o Ironman 70.3 Brasil , prova cheia de expectativa , pois depois de algum tempo sendo realizada em Penha foi para Brasília , nossa capital.

O que está em torno nos últimos meses sobre as provas com bandeira Ironman é onde serão as novas provas anunciadas para o ano que vem , pois já em 2014 teremos duas provas 70.3 e duas 140.6 , respectivamente meio ironman e ironman completo.

Mas ainda para 2013 a novidade ficou reservado a mudança de cidade , dessa vez o palco foi Brasília , a natação no lago , com o percurso bem técnico e com um ar seco , difícil de respirar. Os comentários pré prova foram ótimos , todos elogiando o visual da prova , a tradicional organização , o tempo etc , mas ninguém espera o desfecho da prova.

O francês Jérémy Jurkiewicz cravou um pedal incrível com média de 43 Km/h no percurso sinuoso de Brasília , mas no final ….. ahhhhh o final

Foto: Mais uma imagem reveladora da chegada de ontem do Ironman 70.3 Brasil. Reparem no desespero do francês, que agarra Igor Amorelli!

Igor, o melhor Brasileiro ,  vinha tirando a distancia na corrida , cada momento a distancia diminuía , mas o Frances com a prova ganha , resolveu comemorar antes da hora !!!!

Foi então que por pouco ele não leva a prova , agora o que passou na cabeça do Igor naqueles milésimos de segundo , no fundo só ele sabe , mas o que você faria ?

O fair play existe no meio profissional ? O que faria o Airton Senna com relação ao Prost ? Ou Nelson Piquet a Mansel ?

E o próprio Igor , que vive do esporte e que mesmo já classificado para o Mundia de 70.3 e para mundial do full Ironman em Kona (a copa do mundo) , precisa dos resultados, premiação , exposição dos patrocinadores ????  E ai ?

Decisão difícil né ?

O que eu faria ? Hoje sentado na minha cadeira confortável, treino feito , pança cheia não faria nada , mas ali na hora , no calor da emoção , com o oxigênio faltando na cabeça , a torcida gritando, dando 130% e percebendo a bobeada do Frances ummmmmm………

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões

E a entrevista do herói Igor !!! De qualquer forma parabéns a ele , pela prova , pela atitude !!

Just make sure that´s something you want, because the easy way out will always be there , ready to wash you way.

Salve Salve , como é bom voltar

Dua semanas + alguns dias já se passaram e a rotina começa a voltar. Rotina de acordar e  dormir cedo, do foco nos próximos objetivos , na plena recuperação do ombro.

Cada vez mais vejo o quanto é importante estar focado naquilo que se quer e ter certeza disso , faz toda a diferença. Principalmente nas manhas frias onde a sua cama , ou melhor , o caminho mais fácil , tem um poder absurdo sobre sua mente.

Tenho frequentado as piscinas novamente , ainda de uma forma muito tranquila , pois o foco está na flexibilidade e força, ainda é muito difícil girar o braço. Mas aos poucos estou progredindo e cada vez mais consigo nadar mais metros.

Sábado esteve na USP para o primeiro treino de transição ao ar livre , já havia realizado alguns com spinning e esteira , mas no asfalto é MUITO diferente.

Fui até que engraçado , pois fiquei na roda da Flo o tempo todo , fazendo uma força descomunal e ela em pleno passeio. Mas valeu , foram os primeiros 55 Km de muitos que tenho pela frente. Essa semana estou fazendo rolo em casa , mas semana que vem com frio ou não volto para USP para os treinos da madrugada.

Já a corrida que vinha sendo um grande desafio no passado , tem sido o esporte que mais estou me sentindo bem e que por consequência estou evoluindo rápido. Não tenho sentido nenhuma dor ou incomodo ao correr e já estou praticamente com os mesmos tempos e performance de quando tive o acidente.

Alias no sábado na USP fui muito bom correr , por mais que tenha sido por pouco tempo , mas estava uma manhã linda , com sol e temperatura agradável e ouvir o som do tênis no chão , junto com os sons das outras pessoas correndo em silencio foi sensacional. Acho que só quem corre sabe como esse som é bom . Me senti vivo novamente e agradeci muito por estar lá com saúde e de volta a fazer algo que gosto tanto.

Deixo que um filme rápido , mas que representa bem esse momento , vale prestar atenção na narração e suas palavras .

” A jornada faz parte do destino” Tristar 111 na conta !!!!

 

Começa o feriado , e rumo ao RJ para para uma etapa da jornada, conosco o frio , a chuva e claro a ansiedade.

Ao meu lado minha esposa com as mesmas inseguranças que a pouco tempo atrás também tive ( hj tenho outras rsrsrs) , um grande amigo e parceiro o Bruno Pinheiro , Guedes parceiro de treino e nosso Coach Ricardo Hirsh !!!

Curtição total ,  mesmo apesar da chuva deu para  passear e descansar. Do momento de pegar o Kit , visitar a feirinha da prova (que estava fraca), assistir ao simpósio , fazer check in  da bike  , enfim tudo !!!

A prova :

Mar mexido , correnteza puxando absurdo e muita gente , conclusão, porradaria total na primeira e terceira boia.Como eu tomei e dessa vez dei muita porrada também , nossa !!!! Não sei dos tempos oficiais , mas no meu relógio sai da água com 21 minutos , 3 acima do que pretendia.

T1: muito cheia , ai confesso que a organização falhou , podia ter mais espaço , para ter uma ideia não tinha onde sentar no chão para tirar a roupa de borracha , mas tudo bem. Demorei muito tempo no processo de sair para pedalar , fica a lição de agilizar mais nessa parte.

Sai para o pedal e correu tudo maravilhosamente bem, mesmo com as adversidades do vento , asfalto péssimo na perimetral , fiz melhor que imaginei , abaixo de 3 horas (no meu garmin deu 2.57). Fiz força , fiquei puto com o grupo de cariocas folgados na minha roda por duas voltas , curti o visual do corcovado , brinquei com o pessoal que estava lá apoiando ( Família Hrish em peso , Ricardo (marido da Camila) , Tati e Bel da Asics, Marcela (namorada do Bruno)) , mas por fim acabei bem cansado, com um puta sorriso.

T2: foi rápida e o logo sai para correr , coisa de 3 minutos

Agora amigo , aaaaa corrida é outra história , sempre houvi e nunca acreditei que metade da prova é na metade da corrida , PQP !!!. Foi uma mistura de raiva dos cariocas que passam por mim no final do 2km inteiros e falando ” ai parceiro , monsssstruuu seu pedal heinnnn” e muito aprendizado!!! Não sofri, pois fiz um corre anda e só apertei o ritmo e mantive o pace lá pelo 7 Km e fui até o final. Mas a cabeça e estar acostumado com os vérios sofrimentos é extremamente importante e isso é que te faz seguir em frente.

Tempo total: 4:32

Conclusão:

Me diverti bastante , aprendi um monte de coisa nova , tenho muito mais para aprender, mas acredito que estou no caminho certo. Valeu muito !!!

Mas já semana que vem tem travessia em São Sebastião e mês que vem a quente Pirassununga me aguarda para uma prova dura. Mas com certeza lá exercerei vários aprendizados da Tristar.

Menção especial para a Flo que além de ter feito sua estréia com maestria ficou em 2 na categoria !!! Parabéns

Algumas fotos :

A diferença da “Química” da USP e a da escola

Salve Salve !!!

Os treinos continuam firmes , os volumes tem aumentado gradativamente , as corridas de segunda cada vez mais longas e mesmo com o tendão da perna direita ainda incomodando depois desses treinos , venho me sentindo bem , alias super bem. A única coisa chata é ficar fazendo o famoso balde de gelo o resto da semana , mas não tem jeito ou vai assim ou não vai.

Agora, o primeiro  minuto é chato , depois a coisa vai bem !!!

Já na bike estou enfrentando um período duro, mas com certeza vou colher os resultados, fazia tempo que não sofria nos treinos longos de sábado. Essa sábado apesar de ter feito os 80 km’s em 32,5Km/h de média , sofri bastante. Isso aconteceu e vai acontecer pelo menos nos próximas 3 semanas , já que as quintas estou fazendo um treino de força subindo 8 vezes a famosa Química. Não estou reclamando , pois poderia ser bem pior se fosse a subida do Matão , mas costumo pensar que a Química da USP é que nem a da escola. A prática ou estudo te leva a bons resultados , assim como a prova na escola que ficava fácil, a única diferença é que a da escola você nunca mais vai usar e se quer lembrar , já a da USP minhas coxas não me deixam esquecer tão fácil.

Para não deixar de mencionar , tem a natação , que essas semanas estavam fazendo o desafio do canal da mancha na academia , que para mim que não tenho o menor interesse em saber em que lugar estou no canal tem sido até que bom , pois os treinos são de tiros mais longos, de mais tempo nadando, e isso também preciso treinar e tentar manter uma mesma velocidade e consistência. Tem sido legal !!!!

Por fim , mas não sem menos importância , queria aqui falar do quinto elemento do Triatlo. É isso mesmo , são cinco você não sabia ?

Natação , ciclismo , corrida , descanso e o companheirismo. Como isso é importante !!!

Importante e vital , pelo menos no meu caso, é muito legal ver meus companheiros evoluindo nos treinos , se motivando quando estão próximos de uma prova , fazendo seus testes de roupa/alimentação , enfim fazendo sua rotina.

Isso faz um processo automático de você tentar motivar seu companheiro e ao mesmo tempo se motivar. Trabalhar a cabeça é fundamental para o sucesso dos treinos, cada dia que passa entendo mais isso e tento praticar comigo e com os outros que estão ao meu lado.

Boa semana e bons treinos

 

Seguindo em frente

Salve Salve !!!!

Após a prova Volta da Ilha , é hora de olhar para frente e focar nas próximas provas que além da adrenalina servirão como base.

Sem contar que os treinos continuam , a rotina começa a apertar , já que o frio está começando e começa uma época dura para os treinos.

Estou sem correr , ainda me recuperando da maldita areia fofa e as dunas , que foram parte de um dos percursos da prova. Mas é chato esse processo de recuperação, pois eu fico sem treinar direito , com incômodo na panturrilha e joelho, sensação de não estar evoluindo , enfim , é chato. Mas ao mesmo tempo é importantíssimo me recuperar bem , para seguir em frente.

Já aprendi a lição que uma boa recuperação vale mais que 1000 treinos mal feitos. O preço de continuar ou aumentar a lesão é muito alto. Tenha plena ciência que não tenho um corpo preparado para o volume de treinos e esforços que venho me submetendo e claro que ele reclama e vai continuar reclamando. Pelo menos até minha base aumentar e ai sim o processo melhorar

Próximas provas : 5 km esse sábado , com corrida noturna , ao som de Dj’s e bandas , e bem leve !!! Ritmo passeio

Dia 13/5 um short triathlon , que se tudo der certo já pleno e a todos vapor

E por fim a Stoneman dia 19/5 , com pelo menos 10km com chance de 15 km de corrida.

Outra coisa bastante interessante é um vídeo que está publicado na UOL que pergunta para algumas pessoas : O que é ser um Ironman

Vale assistir , pois reflete quase que 100% o espírito ( Discordo de algumas poucas coisas , mas como ainda não sou um acho que é normal)

O que é ser um Ironman

Bom é isso , vamo que vamo

Calendário de provas para 2012 X Motivação

E ai tudo bem ?

Hoje li um texto muito legal sobre motivação , ele é voltado para quem pratica algum esporte e tem alguma competição pela frente. Mas acho que serve para qualquer coisa na vida na verdade , nada melhor que você estabelecer um desafio na vida e se preparar para vence-lo !!!!

E cada vez mais vejo que isso é para poucos , é fácil na verdade ficar no sofá com o controle remoto na mão reclamando da vida e de tudo , não é verdade ?

Estar motivado é fundamental , como boa parte de seu “treinamento” ou preparação para vencer os obstáculos que virão pela frente. E como diz o próprio título do meu blog , “rumo ao objetivo….”

Convido você a ler http://rihirsch.wordpress.com/

Mas voltando ao assunto do post de hoje , comecei a traçar meus objetivos para este ano, inclusive os resultados dirão como será o Iron 2013, então nada de corpo mole!!!

Se vai dar certo não sei , mas que vou me motivar cada vez mais para treinar e conquistar esses objetivos, a isso eu vou com certeza !!!!!

A ideia é mais ou menos essa:

Prova Modalidade Data
Volta da Ilha Corrida 14/abr
Energizer Corrida 28/abr
Brasil fit Triathlon Short 06/mai
Stoneman Corrida 14 Km 19/mai
6º Circuito de SHORT Triathlon Santa Cecília Triathlon Short 12/ago
Asics Corrida 21KM Agosto
Circuito Netuno de Travessias Travessia 1500 metros 16/set
Troféu brasil Triathlon Olimpico 23/set
MARATONAS AQUÁTICAS Travessia 2500 metros 21/out
Pirasssununga Triathlon dist. Meio Iron Novembro
Stoneman Corrida 21KM Dezembro
Fuga das Ilhas Travessia 1500 metros Dezembro

Obrigado mais uma vez pela cia e por acompanhar minhas loucuras

Nos vemos por ai

Fe

Corrida Bertioga – Maresias

Esse final de semana vou correr a prova Bertioga – Maresias , expectativa já que nunca fiz a prova e por ser em equipe.

Claro que a ideia é diversão pura , mesmo porque vamos todos ficar na mesma pousada e serão duas equipes que também ajudará no animo da galera.

Recebei o percurso hoje   e vi que existem vários trechos de praia , com areia dura , também uma novidade nos meus treinos , pois fazia tempo que não corria na praia.

Para fechar domingo faremos um treino de pedal na Rio Santos

Depois conto mais aqui como foi

Simulado Outubro

E ai gente long time hein…. Desculpem

Fiz mais uma vez o simulado do Julio Vicunha e mais uma vez recomendo super , não só aos iniciantes , mas a todos.

É o famoso bom e barato !!!!

Tem estrutura , bom percurso , enfim vale a pena

Dessa vez tive a companhia da minha esposa , que foi show de bola , e de alguns colegas de treino , Thiago , Ceará (Adriano) e o grande Aldo

Mais uma vez a experiência na água foi ruim , mas dessa vez foi diferente. Mesmo a água estando na mesma temperatura , fui com outra roupa , dessa vez com os braços cobertos que ajudaram muito com relação ao frio.

Mas por algum motivo (acho que vesti mal a roupa) fiz MUITA força ,e cansei MUITO rápido. Nossa parecia que eu tinha nadado 10.000 metros , mas na verdade nadei 100 hahahahaha

A borracha da roupa segurou muito meus ombros e braços , praticamente era uma musculação , tanto é que nadei costas algumas vezes (veja vc de costas ) , e consegui descansar e nadar super bem  o que mostra que havia algo errado.

Mas tudo bem , algumas lições foram aprendidas , vestir a roupa melhor foi uma delas.

A outra é levantar a cabeça , como a Flo filmou algumas partes , consegui me ver e reparar como nado em zigue e zague , o que faz com que nade muito mais do que o necessário.

Até o próximo a meta é treinar essas duas coisas , até lá farei alguns treinos na piscina com a roupa , assim me acostumo um pouco mais.

Várias fotos no facebook , olha lá !!!!

É isso , vamo que vamo