Buenos Aires = um bairro brasileiro

Setembro chegou !!! o relógio corre , o tempo passa rápido e as vezes a sensação de evolução nem tanto.

Mas é só a sensação , pois quando abro a planilha e vejo os números, fica evidente com as alterações de volume. que estou evoluindo. Antes a minha preocupação era em aumentar o rendimento , pedalar , nadar e correr mais rápido , mas agora com os volumes razoáveis a ideia é ser constante !!! Fato !!! Rápido ou de  vagar o importante é chegar ao fim.

 Divulgado o percurso e os detalhes da programação do Tristar Rio de Janeiro

Outubro tem a prova Tristar no Rio de Janeiro e na sequencia ,apenas 1 mês depois , Pirassununga com as distâncias de um meio IRON. Ano passado fui até lá assistir o Luiz  fazer a prova e ver o que eu teria de encarar agora em Novembro e confesso que o calor não é brincadeira, correr os 21Km naquele bafo vai ser sofrido. Mas vamo que vamo.

Essa final de semana eu e a Flo resolvemos ir para Buenos Aires dar um desencana geral , da dieta , o treino , do assunto , enfim respirar literalmente outros aires (rsrsrs).

No sábado , acabamos fazendo um programa muito legal, que recomendo super , alugamos bicicletas elétricas e fizemos um passeio com guia de 2 horinhas. FOI SENSACIONAL . Passamos pelo parque do Ibirapuera deles (chamado 3 novembro) , puta astral legal , um monte de gente correndo. Confesso que ficamos com água na boca, mas afinal havíamos combinado de nem levar o tênis.

Ainda por cima encontramos vários amigos por lá e ainda melhor sem querer , o que deu uma outra cara para o final de semana e o tornou mais etílico. 

Alias o que tem de Brasileiro por lá não é brincadeira , parece mais um bairro de uma cidade brasileira , mas valeu , sempre é bom mudar um pouco as coisas

Vamos que vamo

Anúncios

Kohala Coast, Hawaii é logo ali !!! É, a coisa ficou séria !!!!

 

O que começou meio na boa , meio que para me acompanhar (palavras dela) , pegou forma e agora vamos para as cabeças !!!!

A Flo está inscrita no meio Iron de Hawaii ,um dos lugares mais lindo do mundo , mas também com as condições mais difíceis para se fazer uma prova , vento (muito) , calor , umidade , enfim treta !!!!

Mas posso afirmar que uma das coisas mais difíceis é estabelecer uma meta , ainda mais essa e se engajar de verdade. E ela fez isso de verdade !!!! Falou e está cumprindo !!!! Famoso mata a cobra e mostra o pau saca ?

Parabéns para ela , muito orgulho e pode ter certeza que apoio não faltará.

Dito isso , vamos as “lombadas” nessa estrada a serem ultrapassadas :

Dedicação aos treinos , com comprometimento , saindo sempre da zona de conforto (cara, como isso é difícil) , preguiça zero

Gerenciar a ansiedade !!! Outra grande dificuldade , haverão dias que o trabalho não permitira o treino , as dores , a sensação que a coisa não evolui , enfim …..

Fazer as provas intermediárias, principalmente para dar volume e ritmo de prova , em Outubro faremos juntos a Tristar no RJ e já é um excelente caminho , quem sabe o Internacional em Santos em Fevereiro.

E por fim e talvez uma das grandes dificuldades será chegar lá fisicamente, já que são pelo menos 24 horas de viagem. Estaremos em Floripa , pois a prova é no final de semana depois do Iron Brasil , portanto acabo o Iron , arrumamos as malas e seguimos para Guarulhos direto (eu me arrastando lógico) , depois Dallas , LA , Kona !!! Ufa…….

Com atrasos , compra de passagens (datas disponíveis) , etc estou calculando chegarmos lá entre quarta e quinta , assim vai dar tempo para ela descansar , arrumar a bike , se acostumar com o fuso e fazer alguns treinos por lá!!!

Ai faremos uma semana de férias juntos depois da prova , os dois com certeza com sorrisos enormes e uma sensação maravilhosa de dever cumprido e quem sabe planejando o próximo desafio. Eu pelo menos estarei…..

Imagem