3….2…..1…..e começou

A estrada é longo , mas tem fim.

A estrada é longa, mas tem fim. Keep Moving

Dezembro chegou e o ano de 2013 vai terminando, a boa e velha expressão começa a ser ecoada por todos os cantos  “nossa como esse ano passou voando”  .

Os Shoppings começam a ficar insuportáveis , o transito só piora (ainda mais com as chuvas de verão), academia lotada de gente tentando correr atrás do prejuízo, mas sempre com aquele sentimento de nostalgia no ar , as cabeças a mil nas férias de verão e o encerramento do ano. Não sei você, mas olho ao redor e vejo muito isso !!!!

Bom, isso é para a maioria , para mim e para alguns outros malucos que estarão alinhados na praia de Jurerê Internacional , Florianópolis, em 25/5/14 as 7:00 am nada está acabando , muito pelo contrário está apenas começando.

Essa semana inicio  um dos meus ciclos de treinamento , a natação !!! Com a lesão na região do ísquio e glúteo médio a corrida deve demorar mais um pouco, também por consequência da lesão devo diminuir o pedal,será por duas semanas , mas tudo que ajudar a melhorar está sendo feito. Com isso vai dar para dar um gás na natação.

Mas o fato é que depois de 27 de outubro nadei poucas vezes,chega a hora de voltar as águas e iniciar o treinamento de base , para que quando virar o ano eu não saia do zero. Afinal serão 3.800 metros , sabe se lá se com correnteza , onda , aguá fria , mas uma coisa eu sei , pode ser da maneira que for , são só 1 hora e pouco, passa rápido.

Vamo que vamo que tem bastante azulejo para contar

motivacional

Anúncios

Work Hard Be Patient and the Rest Will Follow…..

Slide1

Nada como a rotina de treinos para as coisas começarem a fazer sentido !!!

Depois de algumas semanadas com os dois treinos diários e os longos nos sábados começo a sentir a evolução nos treinos , as dores começam a diminuir e a uma incrível sensação de bem estar está no ar.

Desde o acidente essa é a primeira vez que sinto os treinos encaixados.

O volume do pedal começa a crescer , em duas semanas já volto para estrada e com treinos mais consistentes. Hoje os treinos de sábado já passam dos 70km e com os treinos de estrada vamos parar em 120km. Afinal a prova em Outubro são só 90km.

A corrida também está encaixando super bem , apesar de um volume menor venho correndo mais rápido e com mais consistência. Por enquanto nas segundas feiras , que é quando acontecem os longos ainda venho fazendo base , correndo por volta de 8Km com vários intervalos e diferentes ritmos

E a natação ??? aaaaaa a natação !!! Cara , como é difícil , mesmo tendo uma grande evolução , pois já venho nadando 7500 por semana , com alguns dias com tiros etc , o ombro dói , estala , mas sigo firme.

Continuo trabalhando minha paciência , na verdade a cabeça , pois essa é a chave de tudo, quanto mais firme e consciente que se o trabalho for feito o resultado virá !!!

Vamo que vamo

Just make sure that´s something you want, because the easy way out will always be there , ready to wash you way.

Salve Salve , como é bom voltar

Dua semanas + alguns dias já se passaram e a rotina começa a voltar. Rotina de acordar e  dormir cedo, do foco nos próximos objetivos , na plena recuperação do ombro.

Cada vez mais vejo o quanto é importante estar focado naquilo que se quer e ter certeza disso , faz toda a diferença. Principalmente nas manhas frias onde a sua cama , ou melhor , o caminho mais fácil , tem um poder absurdo sobre sua mente.

Tenho frequentado as piscinas novamente , ainda de uma forma muito tranquila , pois o foco está na flexibilidade e força, ainda é muito difícil girar o braço. Mas aos poucos estou progredindo e cada vez mais consigo nadar mais metros.

Sábado esteve na USP para o primeiro treino de transição ao ar livre , já havia realizado alguns com spinning e esteira , mas no asfalto é MUITO diferente.

Fui até que engraçado , pois fiquei na roda da Flo o tempo todo , fazendo uma força descomunal e ela em pleno passeio. Mas valeu , foram os primeiros 55 Km de muitos que tenho pela frente. Essa semana estou fazendo rolo em casa , mas semana que vem com frio ou não volto para USP para os treinos da madrugada.

Já a corrida que vinha sendo um grande desafio no passado , tem sido o esporte que mais estou me sentindo bem e que por consequência estou evoluindo rápido. Não tenho sentido nenhuma dor ou incomodo ao correr e já estou praticamente com os mesmos tempos e performance de quando tive o acidente.

Alias no sábado na USP fui muito bom correr , por mais que tenha sido por pouco tempo , mas estava uma manhã linda , com sol e temperatura agradável e ouvir o som do tênis no chão , junto com os sons das outras pessoas correndo em silencio foi sensacional. Acho que só quem corre sabe como esse som é bom . Me senti vivo novamente e agradeci muito por estar lá com saúde e de volta a fazer algo que gosto tanto.

Deixo que um filme rápido , mas que representa bem esse momento , vale prestar atenção na narração e suas palavras .

A diferença da “Química” da USP e a da escola

Salve Salve !!!

Os treinos continuam firmes , os volumes tem aumentado gradativamente , as corridas de segunda cada vez mais longas e mesmo com o tendão da perna direita ainda incomodando depois desses treinos , venho me sentindo bem , alias super bem. A única coisa chata é ficar fazendo o famoso balde de gelo o resto da semana , mas não tem jeito ou vai assim ou não vai.

Agora, o primeiro  minuto é chato , depois a coisa vai bem !!!

Já na bike estou enfrentando um período duro, mas com certeza vou colher os resultados, fazia tempo que não sofria nos treinos longos de sábado. Essa sábado apesar de ter feito os 80 km’s em 32,5Km/h de média , sofri bastante. Isso aconteceu e vai acontecer pelo menos nos próximas 3 semanas , já que as quintas estou fazendo um treino de força subindo 8 vezes a famosa Química. Não estou reclamando , pois poderia ser bem pior se fosse a subida do Matão , mas costumo pensar que a Química da USP é que nem a da escola. A prática ou estudo te leva a bons resultados , assim como a prova na escola que ficava fácil, a única diferença é que a da escola você nunca mais vai usar e se quer lembrar , já a da USP minhas coxas não me deixam esquecer tão fácil.

Para não deixar de mencionar , tem a natação , que essas semanas estavam fazendo o desafio do canal da mancha na academia , que para mim que não tenho o menor interesse em saber em que lugar estou no canal tem sido até que bom , pois os treinos são de tiros mais longos, de mais tempo nadando, e isso também preciso treinar e tentar manter uma mesma velocidade e consistência. Tem sido legal !!!!

Por fim , mas não sem menos importância , queria aqui falar do quinto elemento do Triatlo. É isso mesmo , são cinco você não sabia ?

Natação , ciclismo , corrida , descanso e o companheirismo. Como isso é importante !!!

Importante e vital , pelo menos no meu caso, é muito legal ver meus companheiros evoluindo nos treinos , se motivando quando estão próximos de uma prova , fazendo seus testes de roupa/alimentação , enfim fazendo sua rotina.

Isso faz um processo automático de você tentar motivar seu companheiro e ao mesmo tempo se motivar. Trabalhar a cabeça é fundamental para o sucesso dos treinos, cada dia que passa entendo mais isso e tento praticar comigo e com os outros que estão ao meu lado.

Boa semana e bons treinos

 

O Mar não é só para peixe !!!

Bom dia , esses últimos dias foram bem agitados e corridos.

Nas últimas semanas a rotina dos treinos foram mantidas , as corridas de segunda estão voltando, as dores diminuindo , a musculação começando a dar resultados tangíveis, enfim , essa rotina é bastante importante , pois só assim se ganha ritmo e se evolui.

Mas falando de correria , essa final de semana foi intenso , na sexta o aniversário de uma amiga muito querida e especial, mas aqueeeela comilança , vinho etc … E pode parecer frescura quando dizemos que você é o que vc come , mas senti isso no sábado , pois depois de um fondue MARAVILHOSO  na sexta a noite, sofri MUITO no sábado durante o treino, mas as duas horas de pedal com 20 minutos de corrida mesmo sendo sofridos passaram ,….. Ufa !!!

Banho e estrada , rumo a Ilhabela , que continua MUITO bela mesmo , que lugar mágico , ainda mais com um casamento “pé na areia” , que estava muito bem decorado , com comida excelente , enfim tudo ótimo. Mas o acúmulo da semana puxada e a manhã de sábado cobraram seu preço. Fomo embora cedo do casório e logo para cama , já que no domingo tinha mais pela frente.

Amanhecer na Balsa

Domingo 7:00 am estava eu atravessando a balsa rumo a Caraguatatuba , com um visual lindo e frio desgraçado. Os temidos 2.000 metros me esperavam  e junto aquela mistura de tranquilidade e expectativa se conseguiria , quais dificuldades enfrentaria etc…

9:00 largada !!! Até a primeira boia uma grande confusão , se apertava o passo eu atropelava alguém , se diminuía era atropelado. Nunca tomei tanto pescotapa na vida , mas segui em frente , passei a primeira parte e rumo a segunda boia que estava mais aberta e para fora no mar. Nessa altura o pessoal espalhou um pouco e consegui nadar mais tranquilo , e sem engolir muita água. Mas impressionante como a falta de experiência atrapalha , pois perdi muito tempo arrumando a rota  de navegação e engolindo água tentando enxergar a boia , mas isso é treino !!!

Passo a segunda , e quando de repente já estou na terceira e me lembro que tem que falar o número, logo percebo que não me lembro do meu e para melhorar não consigo ver o que está escrito no ombro , que beleeeeza!!!  Mini trauma passado , me sentindo bem e confiante resolvo aumentar o ritmo até a quarta e última boia. Mas já com os braços um pouco pesados , a sensação era que estava voando na água , mas era só sensação mesmo, pois o ritmo não mudou. Quando enfim chego a praia , super contente por ter vencido mais essa etapa, resultado no meu Garmin , 1.934 metros em 36.12 minutos.

Como o domingo ainda estava apenas começando , toca eu de volta para Ilha , para pelo menos uma hora  e meia relaxando na praia e rumo a SP para a despedida de solteiro do GRANDE Volpi, que entrará para o hall dos casados sábado que vem.

Resultado geral é que hj não acordei para nadar , to com o fígado gritando até agora , mas contente com a rotina e com as novas conquistas. Dia 24.10 tem outra em São Sebastião , onde vou poder curtir um pouco mais a Ilha Bela e nadar uma prova um pouco maior de 2500 metros.

 

E vamo que vamo que o inverno chegou …………..

 

Abstinência !!! Ajuda a motivação ?

Salve Salve !!!!

E semana do dia dos namorados nada mais justo que se abordarmos o tema. Pelos próximos 15 dias minha amada esposa estará fora de casa, viajando entre Belo Horizonte e Rio de Janeiro para a Rio+20.

Não sei se ajuda nos treinamentos , masssss o assunto é polêmico , já que existe sempre uma grande discussão em torno das concentrações de jogares de futebol e ao no meio esportivo em geral.

No meu caso não me matará, faz falta claro , mas já que não é a primeira viagem da patroa rsrsrs , me ajudará a focar ainda mais nos treinos. (tomará rsrs).

A motivação anda em alta lá em casa , a Flo tem melhorado a olhos vistos (o que me deixa muito orgulhoso), seu pedal tem evoluído muito e a corrida segue firme. Já eu voltei a correr , ainda que bem na boa , me sinto muito bem e confiante. O que na verdade são sentimentos perigosos , nesse caso , pois todo o cuidado é pouco para não se empolgar e estragar tudo.

Voltar a correr é excelente !!!!

Também sigo firme no trabalho de fortalecimento , o que antes era um martírio hoje é mais que uma necessidade e te digo que até tem sido bacana fazer musculação. Novos treinos , novas pessoas , pernas doloridas,  mas o sentimento positivo!!!!! Espero sentir os efeitos positivos nos próximos 60 dias, nada é chato quando temos um objetivo claro pela frente , e no mu caso tenho de todos os tipos , de curto , médio e longo prazo. Se bem que tudo passa muito rápido.

O próximo desafio será uma prova dia 24/6 no mar em Caraguatatuba , serão 2000 metros de natação , vai ser duro , nunca nadei esse tanto direto, mas pretendo fazer várias provas desse tipo, assim em Floripa a boia não estará tãoooo longe e a confiança estará presente ainda mais.

E o grande desafio para este ano será a Tristar no RJ , o foco nesse momento está nessa prova que tem tudo para ser bem bacana. Como pretendemos viajar um pouco antes para Europa vamos perder uns 6 treinos pré prova , mas se divertir é preciso !!!! E nós arrumamos uma prova de corrida em solo francês , então ta tudo certo.

Seguindo em frente …………….. e vamo que vamo

 

Essa é a semana e domingo é o dia !!!!

Essa é a semana !!!!

 

Tudo pronto , casa alugada , passagens na mão , excitação nas alturas , isso porque o meu será ano que vem hein!!!

Mas meus companheiros que tanto admiro, como atletas , e acima de tudo como seres humanos estão mais que prontos, alguns já com uma certa experiência como Fábio Brandão , Batavo , Uva , Thiago vulgo Tony Douglas , assim como o Luis que fará seu primeiro. Mas todos estão sobrando …..

Os vejo treinando ou mesmo conversando e me inspiro cada vez vez e tento na medida do possível prestar atenção ao máximo em tudo , no nervosismo ou ansiedade pré prova ,  na tranquilidade dois mais experientes , nos treinos , na alimentação , tudo !!!

Mas essa é a semana e domingo é o dia !!!

Estarei lá não só para apoia-los , mas também para admira-los ainda mais , parabéns a esses guerreiros desde já por tudo que foi feito até agora. Claro que sempre sob o cuidadoso olhar do “cara” , o coach Ricardo Hirsch que sempre tem uma palavra (muitas vezes dura ) , mas sempre correta !!!!

Agora é só nadar , pedalar e correr para o abraço hehehe

Enquanto isso , mas do que nunca , voltei a nadar hoje , sem dores e com força total , se tudo der certo semana que vem volto a correr

Essa semana , sexta feria, farei um treino no mar , no mesmo lugar que daqui 12 meses estarei nadando os 3.800 metros, tomando bastante tapa na cabeça hehehe , mas vamos lá que esse tempo passa MUITO rápido e se preparar não é fácil.

Aprendendo a ser peixe

Image

Sempre ouvi quando comecei a praticar o triathlon que a grande maioria dos atletas , a quem diga 80%,  tem medo da natação. Nos próprios simpósios das provas o coordenador geral fala isso, para vc ver como a coisa é feia.

Já ouvi inúmeras histórias sobre a primeira modalidade desse esporte tão incrível , sempre coisas como ” não via a hora de acabar ” ou “nunca bebi tanta água na vida “.

Fato é que a piscina não é igual ao mar ou uma represa , nesses locais não tem a listra azul no fundo e muito menos se consegue enxergar um metro a sua frente, acredito que esse seja um dos grandes motivos para o medo e desorientação ( o famoso zigue e zague). Claro que nós pobres mortais que fazem provas e treinam aqui no Brasil enfrentam essas condições , isso quando a água não está poluída.

Eu mesmo já tive uma péssima experiência na primeira  vez que fui nadar numa represa, quase morri afogado , mas serviu como uma excelente lição, já fiz um post sobre isso a uma tempo atrás.https://feasdourian.wordpress.com/2011/09/14/simulado/

Falei sobre isso ontem com meu Coach Ricardo Hirsh (http://rihirsch.wordpress.com/) o meu medo ou melhor , precaução!!! é por algo que não está no seu controle 100% . Vai que vc tem uma cãibra la na PQP , um loko vem e passa por cima de você pois está mais rápido e acontece algo , o caiaque de apoio não te vê ou demora para chegar ???? Hein hein ?? FUDEU , vc morre e ponto.

Na bike e na corrida , salvo algum atropelamento , qualquer problema vc para e senta no chão

Image

Sempre brinco que a boia é MUITO longe , na verdade está sim , a foto acima é no simulado aqui em SP que ocorre uma vez por mês , mas imagine no mar que a boia está bem mais longe ? E que não existe referência de profundidade. Meu Deus !!!

O que estou fazendo para isso não ser um problema ?

Assim como os outros dois esportes tem suas particularidades , suas necessidades específicas de treinamento e acima de tudo tem que ficar horas e horas na piscina.

Ano passado fiz uma base em uma piscina de 18 metros, mas depois de algumas experiências nos simulados e da prova do final do ano passado ficou evidente que precisava dar mais um passo nos treinamentos. Em resumo , precisava aprender a nadar e não a boiar com algumas tentativas de braçadas.

Primeira mudança foi a da academia com uma estrutura melhor e com uma piscina de 25 metros (faz uma PUTA diferença e no bolso também) , depois foi procurar um profissional melhor . Não que o anterior não fosse bom , mas numa aula com bastante gente , cada um com um objetivo e um treino genérico não é algo ideal para alguém PRECISA melhorar, certo ?

Hoje tenho feito duas aulas de técnicas e duas coletivas com o Okuda , que conhecidência ou destino foi uma pessoa muito indicada por alguns profissionais e por um companheiro de treino. Para minha surpresa quem era o professor da manhã ?? quem ?? o próprio!!!

Comecei um trabalho com ele que espero um bom resultado (claro) , mas a prática e a dedicação nos leva a perfeição. O lance é ter mais resistência e caprichar nas braçadas, como se fosse fácil e não houvesse milhares de outros detalhes, mas como tudo na vida , precisa de determinação.

Esse domingo tem mais uma etapa da minha preparação , prova em Santos , mas esse é outro assunto para outro post

Até breve e obrigado pela visita 🙂

Simulado Outubro

E ai gente long time hein…. Desculpem

Fiz mais uma vez o simulado do Julio Vicunha e mais uma vez recomendo super , não só aos iniciantes , mas a todos.

É o famoso bom e barato !!!!

Tem estrutura , bom percurso , enfim vale a pena

Dessa vez tive a companhia da minha esposa , que foi show de bola , e de alguns colegas de treino , Thiago , Ceará (Adriano) e o grande Aldo

Mais uma vez a experiência na água foi ruim , mas dessa vez foi diferente. Mesmo a água estando na mesma temperatura , fui com outra roupa , dessa vez com os braços cobertos que ajudaram muito com relação ao frio.

Mas por algum motivo (acho que vesti mal a roupa) fiz MUITA força ,e cansei MUITO rápido. Nossa parecia que eu tinha nadado 10.000 metros , mas na verdade nadei 100 hahahahaha

A borracha da roupa segurou muito meus ombros e braços , praticamente era uma musculação , tanto é que nadei costas algumas vezes (veja vc de costas ) , e consegui descansar e nadar super bem  o que mostra que havia algo errado.

Mas tudo bem , algumas lições foram aprendidas , vestir a roupa melhor foi uma delas.

A outra é levantar a cabeça , como a Flo filmou algumas partes , consegui me ver e reparar como nado em zigue e zague , o que faz com que nade muito mais do que o necessário.

Até o próximo a meta é treinar essas duas coisas , até lá farei alguns treinos na piscina com a roupa , assim me acostumo um pouco mais.

Várias fotos no facebook , olha lá !!!!

É isso , vamo que vamo